segunda-feira, 15 de agosto de 2011

A desnacionalização do grande varejo e a vocação colonial do Brasil! - por Marcos Doniseti!

A desnacionalização do grande varejo e a vocação colonial do Brasil! - por Marcos Doniseti!


Infelizmente, os entreguistas venceram: Com o fracasso da compra do Carrefour pelo Pão de Açúcar não sobrará nenhum grande grupo varejista sob controle brasileiro em nosso país. Todos os grandes grupos estarão sob controle estrangeiro. É a total e completa desnacionalização e entrega de todo um setor, cada vez mais importante, da economia brasileira.

Os entreguistas venceram e podem comemorar: Em 2012 o grupo francês Casino assumirá o controle do Pão de Açúcar. E o Carrefour no Brasil será comprado pelo norte-americano Walmart.

Aqueles que defendem o retorno do Brasil à condição de colônia estão vibrando com essa derrota que impuseram ao país e ao seu povo.

Assim, apenas grupos estrangeiros controlarão o grande comércio varejista no Brasil. Como se percebe, a vocação para ser colônia ainda não acabou no Brasil.

Brizola Neto acertou em cheio: 'Progressistas' de araque ajudaram a entregar o grande varejo do Brasil para o capital estrangeiro.

Assim, descobrimos que grande parte dos ditos 'progressistas' tupiniquinsambém são entreguistas e vende-pátrias, tal como os neoliberais tupiniquins aos quais eles sempre atacaram.

Esses 'progressistas' entreguistas não perceberam, ainda, que a construção de uma nação mais democrática e mais justa passa pela questão da Soberania.

E com setores importantes e cada vez mais numerosos da economia brasileira nas mãos de estrangeiros esta Soberania vai para a lata de lixo.

A soberania é pré-condição essencial para a construção de uma Nação democrática e justa. Mas os 'progressistas' de araque ainda não descobriram isso, coitados.

Não se pode assistir, passivamente, a um fato tão deprimente quanto este: ver todo um setor da economia nacional ser entregue para estrangeiros de mãos beijadas e com o total apoio de um segmento majoritário das chamadas forças 'progressistas' do país.

O governo Dilma deveria reagir e baixar uma MP proibindo a desnacionalização do grande varejo do país, limitando o capital estrangeiro no setor. Isso deveria ser feito mesmo que gerasse desgaste político e eleitoral.

E os grupos estrangeiros que já atuam no país deveriam se submeter às novas regras. A China faz isso, aliás.

Na China, uma empresa estrangeira que queira investir no país precisa se associar com uma empresa estatal chinesa e criar uma nova empresa (uma joint-venture). Nesta nova empresa, a empresa estatal chinesa controla 51% do capital, ou seja, a nova empresa já nasce estatal. E isso vale para todas as multinacionais estrangeiras que desejam investir na China.

Além disso, as empresas estrangeiras são obrigadas a transferir a tecnologia (de administração, de produção, etc) para os chineses.

Tais regras deveriam começar a valer no Brasil também, antes que seja tarde demais e toda a economia brasileira caia nas mãos do capital estrangeiro, tal como está acontecendo com o grande varejo do país.

Acordem, brasileiros, antes que seja tarde demais!

Acordem!


Obs:

Vejam o que um típico neoliberal entreguista e vende-pátria postou no blog do PHA:

"""Que alívio esse negocio furar, assim o ano que vem sai mais um player do mercado, bye bye Abiliô benvido Casino.""":

Como se percebe, os neoliberais e entreguistas estão vibrando com o fracasso da compra das operações do Carrefour no Brasil pelo Pão de Açúcar.

Aos supostos 'progressistas' (que, na verdade, revelaram-se entreguistas e vende-pátrias enrustidos e que viraram os queridinhos do Warren Buffett, maior acionista do Walmart) que também estão felizes com isso, o meu aviso:  

Diga-me com quem andas e te direi quem és!

Link:
http://www.conversaafiada.com.br/economia/2011/07/12/bndes-conta-meia-verdade-e-diz-bye-bye-abilio/#comment-489953

Nenhum comentário: