domingo, 16 de outubro de 2011

Em defesa de uma contribuição exclusiva para financiar a Saúde pública! - por Marcos Doniseti!

Em defesa de uma contribuição exclusiva para financiar a Saúde pública! - por Marcos Doniseti! 

 

Texto de autoria do excelente jornalista Paulo Moreira Leite, publicado em seu blog (ver link mais abaixo), divulgou que 51% dos brasileiros são favoráveis à criação de um imposto cujos recursos seriam usados exclusivamente na Saúde pública.

Isso é uma ótima notícia, pois o Brasil é um dos países que menos investe no setor e, como resultado disso, a qualidade dos serviços públicos de Saúde deixa muito a desejar.

Quando fizeram campanha contra CPMF, no segundo governo Lula, a Fiesp e a oposição do PSDB-DEM-PPS diziam que o fim dela (criada pelo governo FHC) iria reduzir os preços dos produtos em 3%.

Alguém viu isso acontecer? Qual o produto que ficou mais barato após o fim da CPMF?

Nenhum!

Sabe por que? É que os empresários mandaram o dinheiro da CPMF para as Ilhas Cayman, Suiça, etc.

A CPMF deveria ser recriada, sim, mas deveria ser cobrada apenas sobre aqueles que movimentam bastante dinheiro no mercado financeiro. E a taxa deveria ser menor do que a anterior (que era de 0,38%).

Obs: Entre os 46% contrários à criação da CSS estão todos os corruptos, traficantes de drogas que lavam dinheiro no mercado financeiro e sonegadores de impostos, pois através da CPMF era possível identificar quem sonegava impostos e qual o valor sonegado.

Aliás, foi justamente por isso que a CPMF foi extinta...

Com certeza, os corruptos, sonegadores de impostos e traficantes de drogas fizeram uma festa gigantesca quando a CPMF foi extinta, pois, com o fim da mesma, puderam movimentar seu dinheiro desonesto no mercado financeiro sem medo. 

Link:

http://colunas.epoca.globo.com/paulomoreiraleite/2011/10/15/51-topam-imposto-para-saude/#comment-241076

Nenhum comentário: