domingo, 2 de setembro de 2012

Stanley Burburinho: Tracking diário do PSDB mostra que Haddad ultrapassou Serra! - por Marcos Doniseti!

Stanley Burburinho: Tracking diário do PSDB mostra que Haddad ultrapassou Serra! - por Marcos Doniseti!
 

Segundo o famoso Stanley Burburinho, meu amigo no Twitter e um nome já consagrado nos principais blogs progressistas e nas redes sociais, principalmente no Twitter, o tracking diário do PSDB já estaria mostrando Fernando Haddad à frente de José Serra.

Bem, se levarmos em consideração que:


1) A tendência de Haddad é de crescimento rápido, com ele conquistando 1 p.p. diariamente desde o início da propaganda eleitoral no rádio e na TV;


2) Serra cai rapidamente e desde o início do horário eleitoral no rádio e na TV;


3) A pesquisa Ibope anterior, que foi feita até quinta-feira, já mostrava um empate técnico entre Serra e Haddad (20% para Serra  16% para Haddad).


Então, é muito provável que, mantida essa mesma trajetória nos últimos dias, Haddad já tenha ultrapassado Serra, sim.


Vamos aguardar mais informações dos próximos trackings diários das duas campanhas, bem como as próximas pesquisas. Mas, tudo aponta para a ultrapassagem de Serra por Haddad, o que foi previsto por este modesto blogueiro durante esta semana, em vários posts aqui no blog e também em comentários meus no Twitter.


Como já comentei nestas mensagens anteriores, Haddad está conquistando rapidamente os votos dos eleitores petistas, que são 25% na cidade de SP, e é isso que está impulsionando a sua candidatura.


O Datafolha mostrou que Haddad subiu de 21% para 40% entre  os eleitores petistas depois de apenas uma semana de horário eleitoral. Se ele conquistar 90% dos votos dos petistas paulistanos, ele já chega aos 22,5% dos votos.


E pelas imagens da campanha dele junto com os militantes e simpatizantes do partido (basta olhar no Facebook de Haddad), ele já conquistou a simpatia dos mesmos. Haddad caiu nos braços dos petistas paulistanos, literalmente. E quando esse povo se entusiasma com um candidato, sai da frente, porque eles arregaçam as mangas e fazem campanha de graça, de forma voluntária, pelo mesmo.


A impressao que tenho é a de que Haddad já passou daquela fase de ser o candidato de Lula-PT-Dilma e começou a conquistar os eleitores por seus próprios méritos. 


Em todas as entrevistas recentes dele a que assisti (no Terra e no Estadão) ele se saiu muito bem, tendo um discurso lógico, coerente e articulado, mantendo uma postura firme e séria nas respostas. Percebe-se que Haddad se preparou muito bem para essa campanha, sem dúvida alguma.

Tudo indica, portanto, que o eterno Presidente Lula, com o seu formidável faro político, acertou em cheio novamente, tal como já havia acontecido na eleição presidencial de 2010, quando escolheu Dilma que, tal como Haddad agora, era totalmente desconhecida do eleitorado antes da eleição e que, mesmo assim, foi vitoriosa, derrotando o mesmo Serra que Haddad agora enfrenta.

E se o candidato petista ainda conseguir conquistar apenas 10% dos votos dos eleitores não-petistas, Haddad já chegará a 30% das intenções de voto (afinal, 22,5% + 7,5 = 30%).


Portanto, penso que esta é a semana da confirmação da virada de Haddad, ultrapassando Serra e começando a se aproximar, cada vez mais, de Russomano.


Avante, Haddad! Fora, Serra! Fora, Kassab!

4 comentários:

Romeu Lopes disse...

Parabéns pelo texto. Também penso assim.

Marcos Doniseti disse...

Obrigado, Romeu. E volte sempre ao blog.

jazz disse...

Serra precisa ser banido!

jazz disse...

Serra representa o que há de pior na política paulista, com sua posiçao conservadora, neoliberal e elitista, alem de utilizar meios truculentos e inescrupulosos na conduçao de suas atividades. É, na verdade, lodo na pele de ovelha, disfarçado pela relaçao que tem com a grande midia.