sexta-feira, 12 de outubro de 2012

PSDB se enfraquece e eleição de 2014 será decisiva para os tucanos! - por Marcos Doniseti!


PSDB se enfraquece e eleição de 2014 será decisiva para os tucanos! - por Marcos Doniseti!


Inegavelmente, e por mais que os tucanos neguem, o PSDB saiu enfraquecido destas eleições municipais. 

A votação do partido diminuiu 4%, em comparação com 2008, e a legenda elegeu, no primeiro turno, 94 prefeitos a menos do que em 2008 (693 em 2012, contra 787 em 2008).

E quando se analisa os resultados do PSDB, observa-se que o mesmo mostrou força nas capitais do Norte-Nordeste, sem dúvida alguma, mas perdeu muito espaço no Sul, Sudeste e no Centro-Oeste, que são as três regiões mais ricas e populosas do país. 

Senão, vejamos: 

A única capital do Sul, Sudeste e do Centro-Oeste na qual os tucanos lideraram as pesquisas (Vitória-ES) terminou o primeiro turno com o candidato do PPS como sendo o mais votado. 

Na capital paulista, Serra terminou o primeiro turno em primeiro lugar muito mais em função do fato de que Russomanno foi bem votado na periferia paulistana, tradicionalmente petista, o que segurou a votação de Haddad.
Agora, no segundo turno, a verdade dos fatos apareceu e Haddad lidera com 10-11 p.p. de vantagem nas pesquisas Ibope-Datafolha. 
No RJ, o PSDB virou nanico, com Otávio Leite tendo 2,47% dos votos. Em BH, Aécio apelou para um candidato do PSB, aliado ao PT-governo federal até outro dia, para poder vencer, mas o PSDB foi mal nos grandes colégios eleitorais do interior de MG, perdendo a eleição na maioria deles.
Em Porto Alegre, o candidato tucano teve 2,46% dos votos graças ao governo catastrófico de Yeda Crusius. Em Curitiba, Ducci, candidato do PSB apoiado pelo governador tucano, Beto Richa, sequer foi para o segundo turno. 
Em Goiânia, o governador tucano Marconi Perillo sequer apareceu na campanha e viu a capital continuar sob governo petista, de Paulo Garcia, que ganhou no 1o. turno. 
Somente no Norte-Nordeste é que o PSDB demonstrou força nas capitais, sendo que irá disputar o segundo turno em Rio Branco, Belém, Manaus, Teresina, João Pessoa, São Luís e venceu em Maceió no 1o. turno devido à impugnação da candidadura de Lessa. 
Assim, o PSDB está virando um partido do Norte-Nordeste e sendo varrido no Sul, Sudeste e Centro-Oeste, regiões mais ricas e populosas.
E se o PT-PMDB-PCdoB conseguirem vencer as eleições nas grandes cidades paulistas no 2o. turno (São Paulo, Campinas, Sorocaba, Jundiaí, S.André, Diadema, Guarulhos, Mauá são as principais), então até mesmo a reeleição do governador tucano Geraldo Alckmin estará correndo sérios riscos em 2014. 
Com o desgaste e o enfraquecimento de Beto Richa, de Marconi Perillo e, agora, Alckmin, é bom que o PSDB coloque as barbas de molho, pois se perder os governos do Paraná, Goiás e São Paulo em 2014, adeus partido. 
Te cuida, tucanada!

Link:
Eleições 2012: PSDB e PMDB encolhem: PT e PSB crescem!
Grupo de Aécio Neves perde força no interior de MG:

Nenhum comentário: