sábado, 24 de novembro de 2012

Ibope/2014: Dilma 71,6%, Marina 13,6%, Aécio 11,1% e Campos 3,7%! - por Marcos Doniseti!

Ibope/2014: Dilma 71,6%, Marina 13,6%, Aécio 11,1% e Campos 3,7%! - por Marcos Doniseti!


Lula e os seus 'postes': Dilma e Haddad. 

Segundo pesquisa Ibope realizada entre os dias 12 e 14 de Novembro, se a eleição presidencial fosse hoje a atual presidenta Dilma Rousseff seria reeleita e já no 1o. turno.


Em votos válidos, o resultado da pesquisa Ibope foi o seguinte: 

Dilma Rousseff 71,6%;
Marina Silva com 13,6%;
Aécio Neves com 11,1%; 
Eduardo Campos com 3,7%.



Na pesquisa espontânea, Dilma chega a ficar na frente do ex-presidente Lula. Os resultados foram os seguintes: 

Dilma 26%
Lula 19%
Serra 4%
Aécio 3%
Marina 2%!

Em um eventual segundo turno, os resultados seriam os seguintes:

Dilma 78,6%;
Marina 21,4%.

Dilma 82,7%;
Aécio  17,3%;

Dilma 89,9%;
Campos 10,1%.

Isso mostra que o julgamento da AP 470 não alterou em absolutamente nada a preferência popular e a atual presidenta tem tudo para se reeleger, com extrema facilidade, e já no 1o. turno, em 2014.

E o fato de que Dilma está à frente até do presidente Lula, também demonstra que a história de que ela não passaria de um 'poste' foi, definitivamente, jogada na lata de lixo, de onde nunca deveria ter saído, aliás. 

Essa tese de que Dilma seria apenas um 'poste' nunca passou de uma asneira monumental e foi elaborada por um bando de desinformados que trabalham para uma Grande Mídia reacionária e que se intitulam 'analistas políticos'. Foram os mesmos que disseram que, com o julgamento da AP 470, o PT iria desaparecer do cenário político nacional. 

No fim das contas, aconteceu exatamente o contrário do que previam os 'analistas políticos' da Grande Mídia, com o PT terminando a eleição como o partido mais votado e fortalecendo a sua posição no estado de São Paulo, onde venceu em 6 das 7 maiores cidades, incluindo a capital paulista. 

Assim, o crescimento do PT em SP enfraqueceu fortemente o governador Alckmin, criando condições para que possa vir a derrotá-lo daqui a dois anos. 

Outro dado importante que a pesquisa mostra é que Eduardo Campos pode ter se fortalecido com o bom resultado alcançado pelo PSB nas eleições municipais, mas isso não significa que ele será um candidato forte à presidência da República daqui a dois anos. 

Na verdade, a pesquisa mostra que Eduardo Campos ainda é um candidato 'nanico'. E ele não tem muito espaço para crescer, pois Marina e Aécio já atraem os votos oposicionistas, enquanto que Dilma fica com os votos governistas, de quem aprova o seu governo e a sua atuação. E como Eduardo Campos apóia o governo Dilma, as suas intenções de voto também são de origem governista. 

Marina Silva e Aécio Neves, por sua vez, tem apenas 24,7% dos votos válidos. Assim, os dois candidatos oposicionistas tem apenas um quarto do eleitorado. 

Se levarmos em consideração que a presidenta Dilma tem 77% de aprovação pessoal, então os quase 25% das intenções de voto de Marina e Aécio estão mais do que justificados. 

E como a economia continuará crescendo (a previsão mais pessimista para 2013 é de uma expansão de 3% para o PIB brasileiro), a inflação está sob controle, a taxa de desemprego continua em queda e o poder de compra dos salários dos trabalhadores aumenta todos os anos, o cenário econômico e social do país aponta para, no mínimo, a manutenção da popularidade da presidenta Dilma até 2014. 

Com isso, dificilmente teremos uma reversão deste cenário apontado por esta pesquisa do Ibope e Dilma é a favorita disparada para vencer a eleição presidencial de 2014 e já no primeiro turno. 


Valeu, Lula!

Valeu, Dilma!

Links:

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,dilma-supera-lula-em-pesquisa-ibope-sobre-a-eleicao-presidencial-de-2014,964719,0.htm

http://www.brasil247.com/pt/247/poder/86177/Ibope-coloca-Dilma-%C3%A0-frente-de-Lula-para-2014.htm


Eleição presidencial de 2014: Um possível cenário

http://guerrilheirodoanoitecer.blogspot.com.br/2012/11/a-eleicao-presidencial-de-2014-um.html

Ciro Gomes diz que não há motivo para o PSB lançar candidato à Presidente em 2014:

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,ciro-gomes-diz-que-nao-ha-razao-para-o-psb-lancar-candidato-em-2014,963762,0.htm

Nenhum comentário: