quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Brasil acumula superávit comercial superior a US$ 309 bilhões entre 2003-2012! - por Marcos Doniseti!

Brasil acumula superávit comercial superior a US$ 309 bilhões entre 2003-2012! - por Marcos Doniseti!
China superou os EUA como principal destino das exportações brasileiras.

O Brasil, a partir do governo Lula, conseguiu promover um expressivo crescimento das suas exportações e do seu superávit comercial, revertendo a situação anterior, quando o país tinha déficits na balança comercial.

Com isso, no acumulado de 2003 a 2012, o superávit comercial brasileiro atingiu US$ 309,3 bilhões.
Esse foi um dos principais motivos pelos quais as reservas internacionais líquidas brasileiras passaram de US$ 16 bilhões, no final de 2002, para os atuais US$ 378 bilhões, pois o BC comprou esse excedente de dólares que entrou no país a fim de evitar uma valorização ainda maior do Real em relação ao Dólar. 
No caso específico do ano de 2012, o mesmo viu um forte agravamento da crise na Europa, um crescimento modesto nos EUA e uma significativa desaceleração da China, principalmente no primeiro semestre.
Países latino-americanos também tiveram uma desaceleração em seu crescimento. Esta redução no ritmo da economia foi um fenômeno global, portanto, não se restringindo a um país ou região do planeta. 
Com isso, tanto a quantidade exportada, como os preços de alguns principais produtos de exportação do Brasil caíram fortemente, como foi o caso do minério de ferro. 
Tudo isso contribuiu para a redução das exportações brasileiras em 2012, o que levou a uma queda do superávit comercial.
O principal, no entanto, é que o país, mesmo em um momento de forte crise global, com queda no ritmo de crescimento da economia e do comércio mundiais, e que atinge mais intensamente às maiores economias do mundo (EUA, UE, China, Japão), conseguiu um superávit comercial de quase US$ 20 bilhões, o que não é pouco.
Com o início de uma retomada do crescimento da economia chinesa (que já está em andamento) e dos EUA, e com uma estabilização da economia europeia (que parece que já passou pelo seu pior momento, embora ainda esteja longe de começar a melhorar) tudo aponta para um maior crescimento da economia mundial e do comércio global em 2013 e nos anos seguintes, o que irá contribuir para o aumento das exportações e do superávit comercial brasileiro.
Links:
Indicadores Econômicos - Balança Comercial FOB:
Superávit Comercial de 2003 foi de US$ 24,8 bilhões:
Superávit Comercial de 2004 foi de US$ 33,7 bilhões:

Nenhum comentário: