domingo, 23 de junho de 2013

Elio Gaspari revela: O Golpe está nas ruas! - por Marcos Doniseti!

Elio Gaspari revela: O Golpe está nas ruas! - por Marcos Doniseti!

Elio Gaspari revela qual é a nova estratégia da Direita 'brazileira'. 'Ou recuperamos o poder por bem ou por mal'... 

Em artigo publicado hoje, na 'Folha', o jornalista Elio Gaspari revelou qual é a nova estratégia da Direita Reacionária 'brazileira' para vencer a eleição presidencial de 2014 e ela pode ser resumida assim: 'Ou fazem o que queremos, ou o pau vai quebrar no Brasil até 2014'.

Elio Gaspari começa explicando, em seu texto, como será o lançamento da candidatura de Joaquim Barbosa à Presidência da República. 

Gaspari diz que se o PT não aceitar a prisão, ainda em 2013, dos 'mensaleiros' condenados pelo STF no ano passado (Zé Dirceu, Genoíno, etc), Barbosa irá renunciar à presidência do STF e sairá candidato à Presidência da República (e com todas as forças conservadoras unidas em torno do seu nome, é claro). 

Além disso, como parte integrante e fundamental desta estratégia, a baderna e o vandalismo continuarão  nas ruas de todo o país até o ano que vem.

No caso de Barbosa, no entanto, Gaspari também revela os dilemas e preocupações de grande parte das forças reacionárias e golpistas brasileiras, pois ele termina reconhecendo que Barbosa possui uma 'Predisposição Imperial', ou seja, uma inegável vocação para Ditador e que isso é preocupante, pois nas vezes anteriores em que políticos que foram apoiados pelas forças conservadoras, e que possuíam essa famosa 'Predisposição Imperial', se elegeram Presidentes da República, o resultado não foi dos melhores, para dizer o mínimo. 


Palavra de ordem repetida, neste momento, pelas ruas brasileiras, pelos jovens de classe média - os coxinhas - neo-reacionários e que tem uma origem bem clara: ela vem do Integralismo, que foi a versão brasileira do Fascismo de Mussolini.

E Gaspari cita os casos, mais do que óbvios, de Jânio Quadros (que defendia uma 'Ditadura Democrática' para o Brasil, com ele sendo o Ditador, é claro) e Fernando Collor. O primeiro renunciou (o que foi uma desorganizada tentativa de Golpe de Estado) e o segundo terminou afastado da Presidência da República após um processo de Impeachment que foi apoiado pela quase totalidade da população (92%). 

Ambos, Jânio e Collor, cada um em sua época, foram muito bem sucedidos em conquistar, ao mesmo tempo, o apoio dos segmentos mais conservadores da burguesia e da classe média tradicional (usando um discurso voltado, adivinhem, para combater a corrupção), bem como das camadas populares, dizendo que iriam melhorar as suas condições de vida (lembram-se de Collor falando o tempo inteiro dos 'pés descalços e descamisados'?). 

E foi exatamente isso, ou seja, a combinação de um discurso moralista (que atraia classe média tradicional e mesmo segmentos populares influenciados pelo massacre midiático a respeito da corrupção) com um discurso recheado de promessas para melhorar a vida dos mais pobres, que os levou à vitória em 1960 (Jânio) e em 1989 (Collor). 

Agora, com a candidatura Joaquim Barbosa, a Direita Reacionária irá usar da mesma estratégia. Ele será o 'menino pobre que mudou o Brasil', o primeiro negro a se eleger Presidente da República, o 'Santo Guerreiro' da Virtude e da Justiça que,com a sua clava forte, irá destruir com o 'Dragão da Maldade da Corrupção e do Populismo Assistencialista'.


Acima, vemos o 'Santo Guerreiro' da Virtude e da Justiça que, com a sua clava forte, que irá destruir com o 'Dragão da Maldade  da Corrupção e do Populismo Assistencialista', representados por Lula, Dilma e pelo PT.

E é claro que a Direita brasileira, por mais ansiosa que esteja para recuperar o comando do governo federal e passar a mandar e desmandar no país novamente, teme essa 'Predisposição Imperial' de Joaquim Barbosa, pois ela é a receita perfeita para se criar um Ditador. 

E daí teremos que passar por novas renúncias e processos de Impeachment, gerando uma instabilidade política no Brasil que não será nada boa para os negócios, certo?

Obs: É como eu venho dizendo já há algum tempo: Joaquim Barbosa tem tudo para ser o Idi Amin Dadá tupiniquim. E o Elio Gaspari reconhece isso de forma clara. 

Mas Gaspari também escreve que as manifestações, badernas e quebra-quebras atuais irão acabar caso os 'mensaleiros' do PT e aliados que foram condenados pelo STF acabem indo para a cadeia, ainda em 2013.

Isso é fundamental, porque também revela outro aspecto importante do atual cenário político brasileiro: O desespero da Direita Reacionária 'brazileira' com a possibilidade de sofrer outra derrota na eleição presidencial de 2014. 

A Direita sabe que, em circunstâncias normais de temperatura e pressão, Dilma se reelegeria até com certa facilidade em 2014, com gigantescas possibilidades de vencer a eleição ainda no primeiro turno. E é justamente isso que deixa as forças reacionárias muito mais desesperadas. 

As elites reacionárias e golpistas 'brazileiras' devem imaginar que com a prisão de Zé Dirceu, Genoíno e cia. o PT ficará em maus lençóis na eleição presidencial de 2014, diminuindo fortemente as chances de vitória de Dilma e, até, de Lula, caso este acabe se tornando a opção do partido no caso deste claro processo de radicalização política continuar e se intensificar, como tudo indica que irá acontecer. 

Penso que numa situação desta, com as lutas políticas e sociais ganhando espaço nas ruas do Brasil, o ex-Presidente Lula teria muito mais condições políticas de unir as forças progressistas (mesmo aquelas que tenham críticas ao seu governo) e de, ao mesmo tempo, garantir o apoio das camadas populares à sua  candidatura, até porque ele tem uma identificação com as camadas populares que ninguém mais possui. 


Marília Moschkovich escreveu textos muito interessantes e que mostram como se desenvolver a nova estratégia golpista da Direita Reacionária 'brazileira'. 

E com Lula candidato, dificilmente Eduardo Campos lançaria a sua candidatura presidencial, pois sabe que se não conseguir uma grande votação no Nordeste, ele não teria chance alguma na eleição. Afinal, como Lula é pernambucano, nordestino e tem uma popularidade gigantesca no Nordeste, Campos ficaria sem condição alguma de se candidatar e não teria outra opção que não a de apoiar a candidatura de Lula. 

É sempre bom lembrar que uma das principais razões para que acontecesse o Golpe de Estado de 1964 foi o fato de que a Direita Reacionária 'brazileira' da época sabia, perfeitamente, que não tinha nenhum candidato com reais chances de vitória na eleição presidencial que se realizaria em Novembro de 1965. O favorito para a mesma era JK (PSD), com Brizola (PTB) vindo em segundo lugar. Carlos Lacerda (UDN) vinha num terceiro lugar bem distante dos dois líderes políticos que eram identificados com a tradição política do Trabalhismo Getulista.

Assim, tudo o que acontece hoje, no Brasil, é uma nítida revelação do estado de espírito da Direita Reacionária 'brazileira' a respeito da sucessão presidencial de 2014. 

A Direita está desesperada, pois ela já percebeu que nenhum dos três candidatos (Aécio Neves, Marina Silva e Eduardo Campos) que poderiam vir a representá-la nas eleições tem qualquer chance real de vitória contra Dilma. 

Daí o fato de que muitos dos seus líderes já começam a pensar na possibilidade real de 'ter que apoiar Joaquim Barbosa', não porque este seja o candidato dos sonhos dela (não é, devido à sua reconhecida 'Predisposição Imperial', identificada por Gaspari em seu artigo). 

A opção da Direita Reacionária pela candidatura de Barbosa será, na verdade, o reconhecimento do fracasso da Direita em criar e forjar uma liderança política que tenha uma inequívoca identificação com os trabalhadores e com as camadas mais pobres da população, o que Lula e Dilma (talvez num nível um pouco menor do que Lula) inegavelmente possuem. 


'O Gigante Acordou': Frase usada pelos Golpistas de 1964 e que voltou para as ruas brasileiras, agora, em 2013. Qualquer semelhança não é mera coincidência...

Na falta de outro candidato viável para a Direita Reacionária, vai Joaquim Barbosa mesmo, o potencial Idi Amin Dadá brasileiro.

Joaquim Barbosa tem um perfil que o aproxima muito mais das camadas populares do que o intelectualizado e elitista FHC, o playboy Aécio Neves ou o oportunista e herdeiro político de Miguel Arraes que é Eduardo Campos. 

Marina Silva tem um perfil de extração popular, sim, mas o seu evangelismo conservador e que tenta se equilibrar agradando aos movimentos LGBT e mais liberais no aspecto comportamental, enquanto procura manter o apoio dos segmentos que defendem e apoiam Malafaia-Feliciano ao mesmo tempo, a torna uma liderança política não muito confiável e que parece disposta a fazer qualquer tipo de acordo para chegar ao poder. 

E se Marina faz isso, agora, o que não fará depois, caso venha se eleger? Quem garante que ela não irá procurar apoio de segmentos rejeitados pela Direita? Além disso, ela enfrenta grandes dificuldades para criar o seu partido, a tal 'Rede'. Se nem conseguir criar um partido ela consegue, como então é possível acreditar que poderá vir a ter alguma chance de derrotar Dilma? Sem chance. 

Enquanto isso, Joaquim Barbosa é originário de família humilde, negro, que chegou ao STF, a mais alta instância do Poder Judiciário brasileiro e que, nesta condição, não hesitou em condenar 'políticos poderosos' à prisão. E se tais políticos forem para a prisão, mesmo, em 2013, daí é que ele será transformado em uma espécie de 'Santo Vingador', o Guy Fawkes, o Batman dos segmentos políticos e sociais que fazem do discurso anti-corrupção a sua única e virtual bandeira política mais popular para chegar ao comando do país novamente. 


A Direita Reacionária percebeu que nenhum destes três nomes tem, em circunstâncias normais, qualquer chance de vitória contra Dilma em 2014. Daí a baderna e pancadaria terem se espalhado pelo país e Barbosa aparecer como o nome que pode unificar todas as forças conservadoras e golpistas do país. 
E ao mesmo tempo, Barbosa já demonstrou que tem uma vocação para o exercício do poder, uma 'Predisposição Imperial', que ficou bem clara nas sessões do julgamento da AP 470.  

Para esses segmentos da Direita Reacionária e da classe mérdia brasileira mais tradicional (a mesma que participou das Marchas da Família e que apoiou o Golpe de 64 e a Ditadura Militar) Barbosa é o Batman, o Guy Fawkes, o Cavaleiro Solitário tupiniquim, que com a sua inegável 'Predisposição Imperial' irá varrer com a corrupção (quanta ingenuidade...) e irá acabar com a baderna e com o vandalismo que se espalha pelo país atualmente. 

Se bem que como essa baderna e esse vandalismo, que se espalham pelo Brasil atualmente, são criações da mesma Direita Reacionária que irá apoiar a candidatura presidencial de Barbosa, é lógico que ambos irão terminar tão longo o Idi Amin Dadá tupiniquim ganhe a eleição. 

E quanto à corrupção, somente os mais ingênuos entre os ingênuos e os mais idiotas entre os idiotas, podem acreditar que Barbosa fará alguma coisa para combatê-la, pois ele será apoiado e financiado pelos segmentos mais desonestos da sociedade brasileira, que são os mesmos que sempre mamaram nas tetas do Estado e que sempre o utilizaram de acordo com os seus interesses, ao mesmo tempo em que sempre ignoraram as demandas e reivindicações populares. E quando estas aconteciam e chegavam às ruas e campos do país, tratavam de massacrar com as mesmas. A história do Brasil está repleta de casos deste tipo: Quilombos, Cabanagem, Sabinada, Guerra de Canudos, Movimento Operário, Ligas Camponesas, MST, etc, etc, etc. 

Logo, essa nova estratégia da Direita Reacionária 'brazileira' é uma clara mistura de chantagem e ameaça que fazem parte de um movimento golpista que visa reconquistar, para os segmentos mais retrógrados da sociedade brasileira, o comando do governo federal que os mesmos perderam com a eleição de Lula em 2002. 


Partidos Políticos para que, não é mesmo, perguntava Mussolini e repetem, agora, os jovens da classe média reacionária e golpista do 'Brazil'...


Isso é a Direita Golpista Midiática e Reacioária 'brazileira' dizendo: 'Ou vocês(PT) aceitam a prisão do Zé Dirceu, do Genoíno e cia., ou o pau continuará quebrando no Brasil inteiro até 2014. E se insistirem nisso, o Joaquim 'Predisposição Imperial' Barbosa será o nosso candidato. E faremos de tudo (de legal e ilegal, não importa) para elegê-lo. E daí será muito pior para vocês. Então, petistas, conformem-se e esqueçam do Zé Dirceu, do Genoíno e cia, ok?. Eles irão para a prisão e não se fala mais nisso'.

Com isso, a Direita Reacionária está claramente adotando uma estratégia golpista, embora não seja aquele tipo de Golpe tradicional, que tanto vimos acontecer ao longo da história brasileira e latino-americana, com as famosas 'quarteladas', com os tanques nas ruas e os militares tendo uma participação significativa em todos os acontecimentos, embora existam, sim, segmentos das Forças Armadas que adorariam participar de um Golpe. 


Olha a 'Predisposição Imperial' do Joaquim Barbosa aí, gente...

Até porque, temos muitos militares que, com certeza, não estão gostando nenhum pouco da Comissão da Verdade estar revelando ao distinto público a natureza dos crimes e atrocidades que eles cometeram durante a Ditadura Militar. 

Aliás, nesta semana, durante o auge da baderna e dos atos de vandalismo espalhados pelo país inteiro, a colunista demotucana da 'Folha' e grande ídola da 'massa cheirosa' elitista e reacionária tupiniquim, a impagável Eliane Cantanhêde, escreveu que 'nem todas as tropas seriam fiéis à Presidenta Dilma'. 

Para mim, ficou muito claro nesta frase da Tucanhede, digo, Cantanhêde, um claro tom de ameaça golpista. 

Ela não estava se referindo, é óbvio, aos militantes e seguidores do PT e defensores do governo Dilma coisa alguma, mas à segmentos das Forças Armadas que adorariam participar de um novo Golpe de Estado no Brasil e que o apoiariam com entusiasmo.

Além disso, quem pode garantir que tais segmentos das Forças Armadas não estejam estimulando e ajudando a promover toda essa baderna e vandalismo que tomaram conta do Brasil nesta semana? Agentes infiltrados nestas manifestações é o que não faltam. Eu não ficaria surpreso se muitos destes fossem membros dos segmentos reacionários e golpistas das Forças Armadas ou estivessem a serviços dos mesmos. 

Afinal, as Forças Armadas podem até não comandar o movimento golpista que se desenvolve, a meu ver, neste momento no Brasil, mas este muito dificilmente seria levado adiante sem a participação e o apoio de setores relevantes das mesmas. 

Assim, em sua coluna de hoje, Elio Gaspari fez muito mais do que lançar a candidatura de Joaquim Barbosa para Presidente: Ele revelou qual é, agora, a nova estratégia política da Direita Reacionária para voltar a governar o país a partir de 2015. Gaspari disse claramente que se Zé Dirceu, Genoíno e cia não forem para a prisão ainda em 2013, o pau continuará quebrando no Brasil até 2014. E que a Direita irá tumultuar o país o quanto for necessário para conseguir o que deseja.


Collor e Joaquim Barbosa: Tudo a Ver!

Penso que tudo isso que Gaspari escreveu não é o pensamento exclusivo dele, não. Essa é a nova estratégia da Direita Reacionária e Golpista para tentar vencer, de qualquer jeito, a eleição presidencial de 2014. 

A Direita está dizendo assim: Ou fazem o que queremos ou o país irá ferver até lá. 

O Golpe está nas ruas. 

Links:

Elio Gaspari revela a nova estratégia da Direita Reacionária para vencer a eleição presidencial de 2014: Baderna, Prisão de 'Mensaleiros' e Joaquim Barbosa:

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/eliogaspari/2013/06/1299771-um-exercicio-de-fantasia-futurologica.shtml

Temos um Golpe de Estado em andamento no Brasil:

http://guerrilheirodoentardecer.blogspot.com.br/2013/06/temos-um-golpe-de-estado-em-andamento.html

Que tipo de Golpe está acontecendo no Brasil?

http://guerrilheirodoentardecer.blogspot.com.br/2013/06/que-tipo-de-golpe-esta-em-andamento-no.html


Mais claro do que isso é impossível...

Direita encontrou o seu discurso e o seu candidato:

http://guerrilheirodoentardecer.blogspot.com.br/2013/06/direita-encontrou-o-seu-discurso-e-o.html

Barbosa usou de passagens do STF quando estava de licença médica:

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,barbosa-usou-passagens-do-stf-quando-estava-de-licenca-medica-,1033611,0.htm

Movimento 'anti-política' antecipa o roteiro do Golpe nas redes sociais:

http://www.redebrasilatual.com.br/politica/2013/06/redes-de-direita-antecipam-roteiro-do-golpe-9242.html

Nenhum comentário: