domingo, 21 de julho de 2013

O Reino Unido e as suas inúmeras Bolsas! - por Marcos Doniseti!

O Reino Unido e as suas inúmeras Bolsas! - por Marcos Doniseti!

Harry e Kate, herdeiros do trono britânico. Reino Unido oferece inúmeras bolsas aos mais pobres, mesmo sendo um país muito mais rico e menos desigual do que o Brasil. E agora, neoliberais?

Vejam o que o sociólogo Alberto Carlos Almeida escreveu em seu artigo 'O Bolsa Família e outras bolsas' (ver link abaixo):

"O Brasil adotaria políticas sociais que resultariam na dependência, ao passo que, por exemplo, o Reino Unido pós-Thatcher seria o exemplo de dinamismo e de alocação eficiente de recursos. A maioria dos críticos do Bolsa Família também idealiza o que acontece em outros países. Nada mais distante da realidade do que achar que somente no Brasil os mais pobres recebem algum tipo de auxilio do governo para sobreviver. Na verdade, o Brasil é um dos países que menos auxílio presta aos mais pobres. Mais uma vez, o exemplo do Reino Unido é paradigmático: lá existe até mesmo o bolsa funeral.".


No texto de Almeida, ficamos sabendo que entre alguns dos principais benefícios sociais (Bolsas) oferecidos pelo governo britânico aos pobres, estão:
- Bolsa Funeral (R$ 2100 para ajudar no enterro de seu familiar, incluindo pagar flores, caixão, uma viagem de algum parente para o velório, etc);
- Bolsa Aquecimento no Inverno (média de R$ 2400 por mês para ajudar as pessoas a se aquecerem no inverno);
- Bolsa Necessidades Especiais (para deficientes ou idosos, no valor de até R$ 1500 mensais);
- Bolsa Cuidados de quem tem necessidades especiais ( R$ 720 mensais);
- Bolsa Aquecimento por painéis solares (até R$ 3600 mensais);
- Seguro-Desemprego (R$ 720 mensais).

E vejam que isso acontece mesmo com o Reino Unido sendo um país muito mais rico do que o Brasil. 
A renda per capita britânica é de US$ 38.600 anuais (2012), contra cerca de US$ 12.800 anuais do Brasil (dados do FMI). 
E a distribuição de renda no Reino Unido também é muito melhor do que a brasileira, pois enquanto o índice de Gini do Brasil é de 0,519 (dado de 2012), o do Reino Unido é  de 0,36.
Obs: É bom lembrar que o índice de Gini vai de 0 a 1 e quanto mais próximo de 1, maior é a desigualdade existente em um país . 
E o IDH britânico é de 0,85, bem maior que o brasileiro, que é de 0,73. Com isso, enquanto o Reino Unido está na 26a. posição no IDH da ONU, o Brasil se encontra na posição 85.
Mesmo assim, o governo britânico mantém uma série de benefícios que visam ajudar a população mais pobre em momentos de dificuldade ou de necessidade, como pudemos constatar . 

E agora, neoliberais, o que é que vocês irão dizer a respeito disso, hein?

Links:

Artigo de Alberto Carlos Almeida:

http://www.senado.gov.br/noticias/senadonamidia/noticia.asp?n=840508&t=1

Índice de Gini:


http://www.thinkfn.com/wikibolsa/Coeficiente_de_Gini


IDH da ONU:


http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_pa%C3%ADses_por_%C3%8Dndice_de_Desenvolvimento_Humano


Renda Per Capita:


http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_pa%C3%ADses_por_PIB_nominal_per_capita


Nenhum comentário: