domingo, 10 de novembro de 2013

A inação de Kassab e o desvio de R$ 500 milhões na prefeitura de SP! - por Marcos Doniseti!

A inação de Kassab e o desvio de R$ 500 milhões na 


prefeitura de SP! - por Marcos Doniseti!


A 'Folha', com o seu pseudo-jornalismo de araque, tenta proteger Kassab e culpar Haddad, que foi o responsável por mandar investigar a corrupção na prefeitura de SP quando criou a Controladoria Geral do Município, comandada por Mario Spinelli. 


Não há como um esquema criminoso de desvio de dinheiro público, como o que funcionou na prefeitura de São Paulo, funcionar durante tanto tempo sem algum tipo de 'conivência' do ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (que nunca deixou de ser o Pitta do Serra). 

Essa conivência pode se dar de várias maneiras. 

Uma delas é não investigando nada, deixando de criar mecanismos de fiscalização e controle para coibir tais práticas desonestas, o que é uma obrigação de todo e qualquer governante. 

A partir do momento que tais mecanismos não existem, daí é que a corrupção come solta. Foi isso que Kassab fez, no mínimo. 

Logo, ele também tem culpa no cartório, sim. 

A grande novidade da gestão Haddad é que ele criou um órgão somente para investigar as práticas ilegais e criminosas de funcionários públicos e de seus corruptores, órgão este que é a Controladoria Geral do Município, comandada por Mario Spinelli. 

Em pouco mais de 6 meses de atuação este já conseguiu desbaratar uma das maiores máfias que atuou na prefeitura paulistana desde que José de Anchieta fundou a cidade, em 1554. 

E daí faço a pergunta: Porque Kassab não mandou fazer o mesmo? 

Deixar de fiscalizar o que estão fazendo os funcionários da prefeitura, e os seus corruptores, foi uma maneira de deixar a corrupção e a desonestidade tomarem conta da prefeitura de SP, mesmo que isso parta de um pequeno número de funcionários. 

Mesmo que Kassab não tenha qualquer envolvimento direto no desvio destes mais de R$ 500 milhões dos cofres públicos (e até o momento não há nenhuma prova neste sentido), a questão é: O que ele fez para descobrir as falcatruas? Quais mecanismos de controle e de fiscalização ele criou para coibir tais práticas criminosas? 

O fato concreto é que a inação de Kassab foi tão danosa e prejudicial aos cofres púbicos quanto a dos envolvidos diretamente nos desvios. 


Link:

http://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2013/11/haddad-afasta-mais-tres-servidores-acusados-de-desvio-na-gestao-kassab-6858.html

Nenhum comentário: