sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Porque o Terrorismo Midiático será novamente derrotado em 2014! - por Marcos Doniseti!

Porque o Terrorismo Midiático será novamente derrotado em 2014! - por Marcos Doniseti!





A Grande Mídia Reacionária e Golpista continua tentando promover um descarado Terrorismo Midiático contra o governo, a economia brasileira e, é claro, contra o país.

Basta ver que, nos últimos meses de 2013, ela tentou convencer a população brasileira de que as contas públicas do país estavam em situação de desequilíbrio e que o Brasil corria o risco de ter a sua nota rebaixada pelas agências de classificação de risco.

No entanto, nenhuma das três principais agências confirmou isso. Na verdade, elas disseram exatamente o contrário, afirmando que não há nenhuma possibilidade de que a nota do Brasil venha a ser rebaixada neste momento, até porque a dívida pública líquida continua diminuindo, a inflação continua dentro das metas e o crescimento econômico do país se mantém, mesmo que de forma moderada (em torno de 2,3% a.a. em 2013).

Na verdade, o que a Grande Mídia faz, atualmente, não têm mais nada a ver com Jornalismo (só se for Jornalixo). O que ela faz é promover uma campanha eleitoral (leia-se Terrorismo Midiático) permanente contra o país e a sua economia e que começou já em 2003, quando Lula tomou posse na Presidência da República. 




Mas isso não adiantou nada e este cenário catastrófico divulgado pela Grande Mídia, já há tantos anos, não irá se confirmar, novamente, em 2014.

O cenário econômico brasileiro, atualmente, é muito bom, mesmo que a Grande Mídia insista em dizer o contrário, no que ela é totalmente desmentida pelos fatos. 

E podemos resumir a atual situação econômica do país da seguinte maneira:

1) Crescimento econômico do país ficando entre 2% e 2,5% em 2013. Com isso, desde 2003, este será o décimo ano de crescimento econômico desde 2003, sendo que apenas em 2009 isso não aconteceu;


2) Crescimento econômico entre 2,5% e 3% em 2014, acelerando ao longo do ano, devido à Copa do Mundo, aos investimentos crescentes em infra-estrutura, no pré-sal, bem como à aceleração do crescimento econômico dos EUA e também com o início da recuperação, ainda tímida, da União Europeia;






3) Inflação anual dentro das metas (entre 2,5% as 6,5% ao ano) novamente em 2014 (pelo 10o. ano consecutivo). Ela fechou em 5,91% em 2013 e não deverá ser muito diferente disso em 2014;


4) Dívida Pública Líquida continuando em queda em 2014. Ela já caiu para 33,9% do PIB em 2013 e deverá diminuir ainda mais em 2014, pois os fatores que promovem tal redução (crescimento econômico, superávit primário em torno de 2% do PIB) não serão alterados neste ano;


5) Déficit Público e Externo relativamente estáveis em % do PIB, que é o que interessa. Esqueçam os valores nominais divulgados pela Grande Mídia;





6) Dólar estabilizado no patamar de R$ 2,35 a R$ 2,40. E como o governo federal têm bala na agulha (leia-se 'reservas internacionais líquidas') para segurar a cotação, tudo indica que a moeda ianque continuará neste patamar até o final de 2014;


7) Desemprego baixo, em torno de 4,4% no final de 2013 e que será ainda menor em 2014 (pois a economia crescerá mais neste ano do que cresceu em 2013);


8) Renda Familiar Mensal continuará aumentando acima da inflação, tal como têm acontecido desde 2004, pelo menos;


9) Concessões na área de infra-estrutura e no Pré-Sal aceleram investimentos e, logo,  aumentará o ritmo do crescimento econômico do país;





10) Numero de usuários de Internet Banda Larga crescendo rapidamente e está democratizando o acesso à informação, reduzindo fortemente o poder da Grande Mídia. Entre meados de 2012 e meados de 2013 tal crescimento chegou a espantosos 39%;
11) O Brasil possui Reservas Internacionais Líquidas de US$ 376 bilhões, o que equivale a cerca de 17% do PIB e dá segurança ao país para poder ultrapassar, sem maiores sobressaltos, esse momento de grave crise do Neoliberalismo em escala global;

12) Produção brasileira de grãos crescendo todos os anos. Em 2013, por exemplo, ela aumentou em 26 milhões de toneladas, atingindo o recorde de 188 milhões de toneladas. E estima-se que um novo recorde será batido em 2014, com a safra de grãos ultrapassando os 196 milhões de toneladas.

13) Continuidado do processo de redução das desigualdades sociais, da pobreza e da miséria. O índice de Gini encontra-se no seu menor nível histórico desde que começou a ser usado no Brasil (em 1960).

Por tudo isso, não têm como deixar de ser otimista com o futuro do país, que ainda possui muitos problemas sociais, sim, mas que está caminhando no sentido de resolvê-los, o que não se faz da noite para o dia.

Basta ver que, em pesquisa recente, 93% dos entrevistados disseram que as prisões dos condenados no julgamento farsesco da AP 470 não influenciarão o seu voto nas eleições de 2014. 





Neste cenário, nem todo o Terrorismo Midiático do mundo será suficiente para deter o processo de desenvolvimento do país.

E se a Grande Mídia insistir nisso será pior para ela, pois ficará ainda mais desmoralizada do que já está. Basta ver que as tiragens dos principais jornais e revistas despencaram nos últimos anos e a audiência do 'Jornal Nacional' desabou, reduzindo a capacidade da Grande Mídia de influenciar a população e o rumo dos acontecimentos.

Potanto, podem fazer o barulho que quiserem, terroristas midiáticos, pois vocês irão perder mais essa batalha informativa e eleitoral que iremos travar em 2014. 




Links:

Inflação média anual do governo Dilma é a menor desde o Plano Real:

http://blogs.estadao.com.br/radar-economico/2014/01/10/inflacao-media-de-dilma-e-a-mais-baixa-desde-o-plano-real/

Produção de grãos bateu recorde em 2013:

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-09/producao-de-graos-e-recorde-em-2013-diz-ibge

Produção de grãos do Brasil em 2014 deverá ultrapassar 196 milhões de toneladas:

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-09/producao-de-graos-no-brasil-deve-crescer-52-na-safra-20132014




Inadimplência das famílias diminui em Dezembro:

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2014-01-09/inadimplencia-cai-em-dezembro-diz-confederacao-nacional-do-comercio

Brasil já possui mais de 110 milhões de usuários banda larga:

http://sites.uai.com.br/app/noticia/encontrobh/atualidades/2013/08/26/noticia_atualidades,145122/brasil-ja-tem-mais-de-110-milhoes-de-usuarios-de-internet-banda-larga.shtml

Nenhum comentário: