quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Governo Marina promoveria corte de R$ 100 bilhões nos gastos públicos apenas no 1o. ano e deixaria o câmbio flutuar ao sabor do mercado! Saiba o que isso significa! - por Marcos Doniseti!

Governo Marina promoveria corte de R$ 100 bilhões nos gastos públicos apenas no 1o. ano e deixaria o câmbio flutuar ao sabor do mercado! Saiba o que isso significa! - por Marcos Doniseti!

Governo Marina promoveria corte de R$ 100 bilhões nos gastos públicos apenas no 1o. ano e deixaria o câmbio flutuar ao sabor do mercado! Saiba o que isso significa! - por Marcos Doniseti!



Alexandre Rands, assessor econômico de Marina, diz que somente no primeiro ano de governo desta teríamos um corte de R$ 100 bilhões em gastos públicos.

Resultado: Teríamos uma gigantesca recessão, com aumento brutal do desemprego, arrocho salarial, aumento da pobreza e da miséria, pois foram justamente o aumento dos gastos públicos que impediram o Brasil de mergulhar numa crise tão brutal quanto aquela que atingiu os países ricos (EUA, UE e Japão) a partir de 2007-2008.

Além disso, ele diz que o governo Marina iria deixar de atuar no mercado de câmbio, deixando o dólar flutuar livremente.

Como o BC de um eventual governo de Marina seria independente e o mesmo elevaria fortemente a taxa de juros (Selic), para poder reduzir a inflação, tal política atrairia uma enxurrada de capital especulativo para o Brasil, jogando a cotação do dólar no chão e supervalorizando o Real.

Com isso, os produtos exportados pelo Brasil ficariam muito mais caros e os produtos importados ficariam bem mais baratos, gerando quebradeira de empresas e aumento do desemprego.

Resumindo: O programa econômico de Marina é bom apenas para os banqueiros e especuladores e seria catastrófico para os trabalhadores.

É isso que você quer para o Brasil? Claro que não.


Links:

http://www.brasil247.com/pt/247/economia/153154/Marina-quer-flutua%C3%A7%C3%A3o-total-entre-real-e-d%C3%B3lar.htm

http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN0H62GS20140911?feedType=RSS&feedName=businessNews&utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter&dlvrit=1375018

Nenhum comentário: