quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Porque Dilma tem grandes chances de vencer a eleição no 1o. turno! - por Marcos Doniseti!

Porque Dilma tem grandes chances de vencer a eleição no 1o. turno! - por Marcos Doniseti!

Porque Dilma tem grandes chances de vencer a eleição no 1o. turno! - por Marcos Doniseti!

Lula e Dilma: Os Presidentes que mudaram o Brasil, promovendo desenvolvimento econômico e justiça social. 

Dilma vira Fera, politiza e pauta a campanha, coloca Marina na defensiva e esvazia discurso do escândalo de Aécio e da Grande Mídia! 

Dilma começou a se recuperar e a crescer nas pesquisas depois que decidiu deixar bem claro quais são as principais diferenças entre o seu projeto de país (desenvolvimento econômico e inclusão social) e o de Marina (neoliberal, excludente e entreguista). 

Eu gostei muito da Dilma do 1o. debate no 2o. turno, na BAND, contra o Serra em 2010. Ela liquidou com o tucano em todos os blocos do debate, pautou o debate no 2o. turno e venceu a eleição ali. 

Agora, com Marina, Dilma fez a mesma coisa. 

Ela partiu para a ofensiva, usando o próprio plano de governo e declarações de Marina para desconstruir a candidatura desta, explicando de forma didática quais serão as consequências para o Brasil e o seu povo caso a candidata do PSB vença e eleição e o mesmo seja aplicado. 

Exemplos disso são a proposta de governo de Marina de tornar o Banco Central independente e de abandonar o pré-sal. A campanha de Dilma soube muito bem explorar esses fatos em seu favor. 

E a estratégia está dando certo, pois ao fazer isso, Dilma politizou a discussão, que passou a girar inteiramente em torno das propostas de campanha de cada uma das candidatas. 

Com a politização da campanha , Dilma também  pautou o debate e colocou Marina na defensiva. Esta não faz outra coisa, há duas semanas, que não seja tentar se explicar a respeito de suas declarações e do seu plano desastroso de governo. 

Além disso, outra consequência dessa estratégia muito bem sucedida foi esvaziar totalmente o discurso da escandalização que a Grande Mídia e a candidatura de Aécio tentaram impor nesta campanha. 

Isso explica (bem como também a falta de provas) porque o depoimento de Paulo Roberto Costa acabou não gerando repercussão alguma sobre a disputa eleitoral. 

Assim, Dilma acabou obrigando Aécio e Marina a jogar a partida com as regras que ela determinou, com a torcida a seu favor (pois a nova estratégia incendiou a militância petista) bem como a jogar em seu campo e com a bola dela. 

Se Dilma conseguir manter essa situação até 5 de Outubro, então ela vencerá a eleição e será reeleita no 1o. turno.

Nenhum comentário: