sábado, 4 de outubro de 2014

As 'Realizações' do Governo FHC-PSDB! (Parte 1) - por Marcos Doniseti!

As 'Realizações' do Governo FHC-PSDB! - por Marcos Doniseti!

O PSDB, FHC, Alckmin, Aécio e as suas 'realizações'. 

1) O PSDB quebrou o Brasil 3 vezes no governo FHC, tendo que recorrer ao FMI (1998, 2001, 2002) para não ter que declarar a moratória da dívida externa;
2) O governo do PSDB-FHC-Aécio conseguiu gastar com as privatizações R$ 2,5 bilhões a mais do que arrecadou com as mesmas;

3) Quando terminou o governo FHC, tínhamos uma taxa de juros (Selic) de 25% ao ano e reservas internacionais líquidas de apenas US$ 17 bilhões;
4) A taxa de desemprego (média anual) em 2002 foi de 12,6%;
5) A dívida pública líquida dobrou no governo FHC, passando de 30% do PIB (1994) para 60,4% do PIB (2002);
6) Em 2002 o PIB do Brasil era de ridículos US$ 459 bilhões sendo apenas o 4o. maior das Américas (ficando atrás dos EUA, Canadá e México) e era o 15o. do Mundo;
7) No governo FHC tivemos um racionamento nacional de energia e, agora, no governo Alckmin temos um racionamento de água e que irá piorar muito após a eleição, quando mais nenhuma gota de água for retirada do Cantareira;
8) No governo FHC 44 CPIs foram barradas e o Procurador-Geral mandava engavetar e arquivar as denúncias de corrupção que eram enviadas para a PGR (mais 400 denúncias tiveram esse destino), e não havia combate algum à corrupção;
9) Tivemos também a compra de votos para aprovar a reeleição em benefício de FHC, com mais de 200 parlamentares tendo recebido dinheiro para aprovar a mesma;
10) FHC tentou alugar a Base de Alcântara para os EUA (ou seja, doar a mesma);
11) FHC enviou um projeto de lei para o Congresso Nacional, modificando a CLT, para eliminar os direitos trabalhistas. Somente não conseguiu isso porque a oposição (PT, PCdoB, etc) votou contra tal medida, que acabou rejeitada pelos parlamentares;
12) O número de desempregados aumentou em 120% durante o governo FHC;
13) O nível de emprego na indústria brasileira despencou 31% durante o governo FHC.
Fora, Alckmin! PSDB Nunca Mais!

Nenhum comentário: