segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Comparando: Brasil do PT X Brasil do PSDB! - por Marcos Doniseti!

Comparando: Brasil do PT X Brasil do PSDB! - por Marcos Doniseti!


Taxa de desemprego nas principais economias do Mundo em Agosto de 2014. A taxa do Brasil é uma das menores. 

1) Petrobras - Patrimônio Líquido:

2002 - R$ 65 bilhões;
2013 - R$ 345 bilhões (crescimento de 430,8%);

2) Petrobras - Lucro anual médio:

Gov. FHC (1995-2002) - R$ 4,5 bilhões;
Govs. Lula-Dilma (2013-2013) - R$ 25,2 bilhões (crescimento de 460%);

3) PIB do Brasil (valores atualizados):

2002 - R$ 2,3 trilhões;
2013 - R$ 4,8 trilhões (crescimento de 108,7%);

4) Investimentos do Governo Federal:

2003 - R$ 6,0 bilhões;
2013 - R$ 68 bilhões (crescimento de 1033%);

5) Luz Para Todos:

Gov. FHC - Não existia;
Govs. Lula e Dilma - 15.200.000  beneficiados;

6) Indústria de Construção Naval:

2002 - 7.000 funcionários;
2014 - 81.000 funcionários (crescimento de 1057%);

7) Índice de Gini (mede a distribuição de renda do trabalho; quanto mais próxima de 1, maior é a concentração de renda; quanto mais próxima de zero, menor é a concentração de renda):

2002 - 0,59;
2013 - 0,517;

8) Cotação do Dólar:

2002 - R$ 3,54;
2014 - R$ 2,45 (queda de 30,8%);

9) Risco-Pais:

2002 - 2200 pontos;
2014 - 230 pontos (diminuição de 89,5%);

10) Dívida Pública Líquida:

2002 - 60,4% do PIB;
2014 - 34,8% do PIB (queda de 42,4%);


O ProUni já beneficiou mais de 1.920.000 estudantes de menor renda desde a sua implantação, no governo Lula, em 2005. 


11) Matrículas no Ensino Superior:

2002 - 3.500.000;
2013 - 7.100.000 (crescimento de 102,9);

12) Vagas em Universidades Federais:

2003 - 583.000;
2013 - 1.100.000 (crescimento de 88,7%);

13) Salário Mínimo:

2002 - R$ 200;
2014 - R$ 724 (reajuste de 262%);

14) Salário Mínimo em US$:

2002 - US$ 56;
2014 - US$ 300 (crescimento de 435,7%);

15) Salário Mínimo/Cesta Básica:

2002 - 1,2 cesta básica;
2014 - 2,4 cestas básicas (crescimento de 100%);

16) Salário Mínimo/Saco de Cimento:

2002 - 11;
2014 - 31 (crescimento de 181,8%);

17) Lucro do Banco do Brasil:

2002 - R$ 2 bilhões;
2014 - R$ 15,8 bilhões (crescimento de 690%);

18) Orçamento anual da Educação:

2002 - R$ 17 bilhões;
2014 - R$ 82 bilhões (crescimento de 382,4%);

19) Participação do Brasil no Comércio Internacional:

2003 - 0,65%;
2013 - 1,26% (crescimento de 93,8%);

20) População das classes A-B-C (maior nível de renda):

2002 - 79.000.000;
2013 - 128.000.000 (crescimento de 62%);


O BNDES é a única fonte de financiamento de investimentos produtivos de longo prazo no Brasil, pois o sistema financeiro privado não financia investimentos em usinas hidrelétricas, refinarias, telecomunicações, siderurgia, energia, entre outros setores econômics que são fundamentais para o desenvolvimento do país. 


21) Classes D-E (menor nível de renda):

2002 - 91.000.000;
2013 - 63.500.000 (diminuição de 31,3%);

22) Nível de Escolarização (Superior):

2002 - 10%;
2013 - 23,4% (crescimento de 134%);

23) Operações da Polícia Federal:

Gov. FHC (1995-2002) - 48 (média anual de 6);
Govs. Lula-Dilma (2003-2014) - 2.226 (média anual de 278,3);

24) BNDES - Lucro Anual:

2002 - R$ 550 milhões;
2013 - R$ 8,150 bilhões (crescimento de 1381%);

25) Caixa Econômica Federal - Lucro Anual:

2002 - R$ 1 bilhão;
2013 - R$ 6,7 bilhões (crescimento de 570%);

26) Petrobras - Valor total dos Ativos:

2002 - R$ 136 bilhões;
2013 - R$ 677 bilhões (crescimento de 397,8%);

27) Número de pessoas com acesso à Internet:

2002 - 14.300.000;
2014 - 133.000.000 (crescimento de 830%);

28) Telefones Celulares:

2002 - 32.000.000;
2014 - 268.400.000 (crescimento de 738,8%);

29) Número de Residências com assinaturas de TV Paga:

2002 - 3.600.000;
2014 - 19.240.000 (crescimento de 434,4%);

30) Frota de Veículos:

2002 - 34.200.000;
2014 - 82.000.000 (crescimento de 139,8%);


Até o tradicional, e conservador, jornal dos EUA 'The Washington Post' noticiou: O Brasil saiu do Mapa da Fome da ONU. 


31) Viagens de Avião - Número de Passageiros:

2002 - 33 milhões;
2013 - 113 milhões (crescimento de 242,4%);

32) Exportações:

2002 - US$ 60 bilhões;
2013 - US$ 242 bilhões (303%);

33) Reservas Internacionais Líquidas:

2002 - US$ 17 bilhões;
2014 - US$ 379 bilhões (crescimento de 2129%);

34) Produção de Veículos:

2002 - 1.700.000;
2013 - 3.500.000 (crescimento de 105,9%);

35) Vendas de Veículos:

2002 - 1.500.000;
2013 - 3.500.000 (crescimento de 133,3%);

36) Safra de Grãos:

2002 - 97.000.000 de toneladas;
2014 - 193.500.000 toneladas (crescimento de 99,5%);

37) PIB do Brasil - Em US$:

2002 - US$ 459 bilhões;
2013 - US$ 2,2 trilhões (crescimento de 379,3%);

38) Balança Comercial:

Gov. FHC (1995-2002) - Déficit de US$ 8,7 bilhões;
Govs. Lula-Dilma (2003-2013) - Superávit de US$ 311 bilhões;

39) Inflação Anual (IPCA):

2002 - 12,5%;
2013 - 5,9% (diminuição de 52,8%);

40) Inflação (média anual; IPCA):

Gov. FHC (1995-2002): 9,5%;
Govs. Lula-Dilma (2003-2013): 6% (queda de 36,8%);


Na época do governo tucano de FHC-Aécio não havia sequer oferta de crédito imobiliário para que a classe média pudesse comprar a sua casa. Você quer isso de volta? 

41) Oferta de Crédito:

2002 - 23% do PIB;
2014 - 55% do PIB (crescimento de 139%);

42) Taxa Anual de Juros (Selic):

2002 - 25%;
2014 - 11% (redução de 56%);

43) Empregos com Carteira Assinada criados:

Gov. FHC (1995-2002): 5.500.000;
Govs. Lula-Dilma (2003-2014): 20.500.000;

44) Petrobras - Faturamento Anual:

2002 - R$ 97 bilhões;
2013 - R$ 281 bilhões (crescimento de 189,7%);

45) Desembolsos (empréstimos) do BNDES:

2002 - R$ 38 bilhões;
2013 - R$ 190 bilhões (crescimento de 400%); 

46) Bolsa Família (orçamento anual):

2002 - Não existia;
2014 - R$ 24 bilhões;

47) ProUni - Estudantes  beneficiados (programa implantado em 2005):

Gov. FHC (1995-2002) - não existia;
Govs. Lula-Dilma (2003-2014) - 1.920.000;

48) Pronatec - Estudantes beneficiados:

Gov.FHC (1995-2002) - não existia;
Govs. Lula-Dilma - 8.800.000;

49) Minha Casa Minha Vida:

Gov. FHC (1995-2002) - Não existia;
Govs. Lula-Dilma (2003-2014): 1.700.000 moradias entregues; 1.700.000 já contratadas; total de 3.400.000 moradias;

50) Pronaf (financiamento à agricultura familiar):

2002 - R$ 2 bilhões;
2014 - R$ 24 bilhões (crescimento de 1100%);


Como se percebe, o governo FHC promoveu uma deslavada troca de favores para obter apoio político e poder governar. Esse foi um tipo, digamos, 'diferente' de Mensalão...

51) Reajuste da tabela do Imposto de Renda:

Gov. FHC (1995-2002): 17,5%;
Govs. Lula-Dilma - 67,7% (2003-2014);

52) Renda per Capita:

2002 - US$ 2.500;
2013 - US$ 11.000 (crescimento de 340%);

53) PIB do Brasil no Ranking Mundial:

2002 - 15o. Maior do Mundo e 4o. nas Américas;
2013 - 7o. Maior do Mundo  e 2o. nas Américas (fonte: Banco Mundial);

54) Déficit Público Nominal (média anual):

Gov. FHC (1995-2002): 6,3% do PIB;
Govs. Lula-Dilma (2003-2013): 2,9% do PIB (redução de 54%);

55) Dívida Pública Líquida (valores atualizados):

2002 - R$ 3 trilhões;
2014 - R$ 1,7 trilhão (redução de 43,3%);

56) Universidades Federais Construídas:

Gov. FHC (1995-2002) - 1;
Govs. Lula-Dilma (2003-2014) - 18;

57) Escolas Técnicas Federais:

Gov. FHC (1995-2002) - 11;
Govs. Lula e Dilma - 422 (crescimento de 3736%);

58) Total de Empregos com Carteira Assinada no país:

2002 - 28.700.000;
2014 - 49.200.000 (crescimento de 71,4%);

59) Taxa de Desemprego (média anual):

Gov. FHC (1995-2002): 12,6%;
Govs. Lula-Dilma (2003-2013): 5,4%;

60) Desmatamento da Floresta Amazônica:

Gov. FHC (1995-2002): Crescimento de 70%;
Govs. Lula-Dilma (2003-2014): Redução de 79%.


Como se percebe, ter emprego no Brasil na época do governo FHC era um verdadeiro sonho. E para conseguir um emprego era um verdadeiro pesadelo...
61) Prisões efetuadas pela Polícia Federal:

Gov. FHC (1995-2002): 536;
Govs. Lula-Dilma (2003-2014): 24.881 (crescimento de 4542%);

62) Capacidade de Geração de Energia:

2002: 74.800 MW; 
2013: 122.900 MW (crescimento de 64,3%).

2 comentários:

Taissa MPB disse...

Obrigada pelos dados.
Será que seria possível fornecer a fonte de tais pesquisas?

Mto obrigada novamente!

Marcos Doniseti disse...

Entre as principais fontes, que já publiquei aqui no blog em várias oportunidades, temos os seguintes sites:

1) Banco Central;
2) Ipeadata;
3) Portais de Notícias: G1, Folha, Rede Brasil Atual, Vermelho, etc.