domingo, 25 de janeiro de 2015

Vitória do Syriza poderá beneficiar o governo Dilma - por Marcos Doniseti!

Vitória do Syriza poderá beneficiar o governo Dilma - por Marcos Doniseti!

Syriza vence a eleição na Grécia e poderá ter maioria absoluta no Parlamento

Militantes do Syriza comemoram a vitória do partido nas eleições para o Parlamento grego. Sua vitória mostra, claramente, que a população do Velho Mundo está cansada e repudia as políticas 'de austeridade' anti-trabalhadores que foram colocadas em prática nos últimos anos.

As pesquisas boca-de-urna mostram que o Syriza terá entre 35,5% e 39,5% dos votos, tendo grandes chances de conquistar a maioria absoluta no Parlamento grego. O partido conservador que, atualmente, governa a Grécia, o Nova Democracia, terá a segunda maior bancada.
A vitória do Syriza poderá beneficiar o governo Dilma. Como? Simples: Com a vitória do Syriza, na Grécia, as políticas de austeridade estão com os dias contados na Europa. Elas são insustentáveis politicamente. Governos que insistirem nas mesmas estarão com os dias contados e serão repudiados pelo povo nas urnas.
Neste novo cenário político, a União Europeia terá que, obrigatoriamente, tomar mais medidas para estimular economia do Velho Mundo, que enfrenta uma Longa Recessão e tem uma taxa de desemprego de 10% (sendo que esta é de 13% na Itália, 23,7% na Espanha e 25% na Grécia).

Com isso, a economia europeia deverá voltar a crescer e, desta maneira, as exportações brasileiras para a UE poderão se expandir.

Além disso, um maior crescimento da economia europeia irá estimular o crescimento de outras regiões do planeta, como a China, que exportam muito para a Europa. E as exportações do Brasil para essas outras regiões também poderão vir a crescer. 
Logo, essa vitória do Syriza na Grécia poderá significar uma reviravolta no cenário econômico mundial, pois sinaliza que a população do Velho Mundo não suporta mais tanta austeridade, assim. As pessoas querem empregos, salários melhores, bem como recuperar seus direitos trabalhistas e previdenciários.

Essa deverá ser a composição do novo Parlamento da Grécia, no qual o Syriza tem grandes chances de obter a maioria absoluta. 

E os governantes europeus que insistirem em ignorar a 'voz das urnas', terão o mesmo destino do partido conservador 'Nova Democracia' grego, ou seja, serão derrotados e mandados de volta para casa a fim de que repensem as suas ideias e políticas.
Basta de austeridade anti-trabalhadores!
Avante, Syriza!

Links:

Syriza lidera as pesquisas boca-de-urna:

Boca-de-urna aponta ampla vitória do Syriza na Grécia:

Nenhum comentário: