quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Crise do Capitalismo Financeiro Globalizado irá se agravar muito nos próximos anos! Mundo precisa se unir para combater a Recessão Mundial que virá! - Marcos Doniseti!

Crise do Capitalismo Financeiro Globalizado irá se agravar muito nos próximos anos! Mundo precisa se unir para combater a Recessão Mundial que virá! - Marcos Doniseti!
China: Queda da Bolsa de Valores já chegou a 42% desde Junho deste ano. Economia chinesa (junto com a de outros países emergentes, principalmente dos BRICS) foi a principal locomotiva da economia mundial após o estouro da crise de 2007/2008. E agora isso acabou. Logo, surge a pergunta: Quem irá puxar a expansão da economia mundial, agora? Qual será a nova locomotiva? Papai Noel? O Monstro do Lago Ness? O fato concreto é que o Mundo todo caminha para uma severa Recessão nos próximos anos.  
1) Depois da crise global de 2007-2008 os países emergentes seguraram as pontas da economia mundial, adotando políticas de estimulo anti-cíclicas, tipicamente keynesianas, E agora isso acabou também. China, América Latina, Rússia, estão todos desacelerando rapidamente ou já estão em recessão;
2) Temos várias bolhas especulativas desmoronando na China e nos EUA simultaneamente. A União Europeia está patinando, crescendo, mas pouco. 
3) A Grécia está falida e isso já acontecia bem antes do Syriza vencer as eleições de Janeiro de 2015. Outros quatro países (Espanha, Portugal, Itália e Irlanda) também estão literalmente quebrados. Insatisfação social e política é crescente na Europa. Esquerda (Grécia, Espanha) e Extrema-Direita (França, Dinamarca) estão crescendo;
4) A economia dos EUA passou por uma recuperação nos últimos anos, mas a mesma tem pés-de-barro, pois ela ocorreu graças aos juros de 0% ao ano do FED e aos estímulos monetários de US$ 1 trilhão anuais adotados a partir de 2009. Os elevados preços do petróleo também ajudaram, pois levaram as empresas petrolíferas ianques a fazer grandes investimentos em extração de petróleo de xisto, mas que agora se tornaram não lucrativos após o derretimento da cotação do produto (fechou abaixo de US$ 40 nos últimos dias).
Mas isso gerou novas Bolhas Especulativas nas Bolsas de Valores dos EUA e que, agora, com a crise chinesa, tem tudo para desmoronar. E as ações negociadas nas Bolsas de Valores da Europa já se desvalorizaram em 1 Trilhão de Euros apenas em Agosto. Em apenas um dia, nesta segunda-feira (dia 24/08), as perdas foram de 450 bilhões de Euros;
5) A crise chinesa também é resultado do esgotamento das políticas anti-cíclicas aplicadas no país após 2007/2008 (aumento de investimentos em infra-estrutura, principalmente), mas também se deve ao desmoronamento de imensas Bolhas Especulativas criadas nos mercados de ações e imóveis pelo governo chinês. Nos últimos dois meses a queda da Bolsa de Shanghai chegou a 42%;

6) O comércio internacional teve, no primeiro semestre de 2015, a sua maior queda desde 2009. No primeiro trimestre de 2015 a queda foi de 1,5% e no segundo trimestre ela foi de 0,5%. Assim, aquela velha história de 'vamos sair da crise aumentando as exportações' ficou muito mais difícil para todos os países, sem exceção.

O máximo que se poderá fazer é substituir importações pela produção nacional, principalmente por meio de significativas desvalorizações da moeda nacional. Mas se todos os países fizerem isso ao mesmo tempo, o que é bastante provável, isso irá acelerar a velocidade da queda do comércio global, agravando ainda mais a crise; 
7) Se alguém tiver dinheiro sobrando no final do mês, sugiro que evite aplicar o mesmo em ações ou dólar. Estes são mercados altamente especulativos, dominados por grandes investidores, profissionais que os manipulam conforme os seus interesses, e que estão pouco se lixando para os pequenos investidores.
Eu aplico o que sobra na Caderneta de Poupança, mesmo. Não lucro nada, mas também não perco nada. Assim, o meu patrimônio está protegido. E numa época de crise mundial isso é o principal.
Links:

Crise na China provocará desaceleração da economia mundial
Crise atual é semelhante à de 1997; EUA poderão enfrentar forte queda das suas Bolsas de Valores
China enfrenta a sua primeira crise capitalista
Bolsas de Valores da Europa perderam 450 bilhões de Euros em apenas um dia (24/08)
FED criou uma nova Bolha Especulativa nas Bolsas de Valores dos EUA e ela está próxima de implodir:
Bolsa de Shanghai fecha em queda mesmo depois de BC da China diminuir os juros
Preço do barril de petróleo pode cair para US$ 35

Um comentário:

Pedro Soares disse...

Depende... Crises sempre abrem portas também, pode ser uma oportunidade da china exporta o seu mercado em construções impressas em 3D...
Fonte:
http://www.innovee.com.br/impressao-3d-pode-ser-a-solucao-para-a-crise-da-china/