sábado, 19 de março de 2016

Brasil - Movimento Progressista Democrático X Movimento Golpista Reacionário: Uma comparação! - Marcos Doniseti!

Brasil - Movimento Progressista Democrático X Movimento Golpista Reacionário: Uma comparação! - Marcos Doniseti! 
Lula foi ovacionado por 500 mil pessoas na Avenida Paulista no dia 18/03/2016. Enquanto isso, Aécio e Alckmin foram expulsos de manifestação golpista e reacionária no dia 13/03, em plena Avenida Paulista.
Os golpistas e reacionários que saem às ruas do país inteiro para defender o Golpe contra a Presidenta Dilma dizem que as suas manifestações seriam 'espontâneas', pois não teriam apoio de nenhum partido político ou movimento social organizado, tal como acontece com as manifestações do Movimento Progressista Democrático. 

Obs: É golpe, sim, pois não há nenhuma acusação, denúncia ou processo contra Dilma, Logo um eventual afastamento, em caráter definitivo, de Dilma da Presidência da República será inteiramente ilegal e inconstitucional. 

Falar que tais manifestações seriam 'espontâneas' é uma verdadeira piada e afirmo isso por vários motivos: 

1) Manifestações são normais legítimas na Democracia!

Em primeiro lugar, é perfeitamente normal e legítimo que, num regime democrático, qualquer partido político, movimento social organizado, igrejas, ONGs, enfim, quaisquer organizações sociais legítimas e que atuam à luz do ida, legalmente, possam convocar manifestações, na hora que  bem entender, bastando comunicar o fato, com antecedência, às autoridades policiais, a fim de evitar que mais de uma manifestação seja marcada para o mesmo local, no mesmo dia e horário. 

Isso é Lei. 
Mas o próprio Sérgio Moro disse que essa história de respeitar as leis não é relevante... Uma característica de todos os movimentos golpistas, no Brasil e em muitos outros países, é que eles não ligam a mínima para a Constituição e as Leis, ignorando-as na cara-dura.  
2) PSDB e outros partidos apoiam o Movimento Golpista Elitista!

Todos nós sabemos do apoio total que partidos como o PSDB-DEM-PPS-PSB dão para essas manifestações golpistas. Somente notórios imbecis e desinformados que não sabem disso. Tais partidos reacionários, e que perderam 4 eleições presidenciais consecutivas, apenas não assumem isso publicamente, pois são golpistas covardes, que preferem atuar na organização e promoção delas nos bastidores, nos porões. 

3) Apoio de governadores de estado!

Governadores de estado que, também, desejam derrubar Dilma, caso de Gerado Alckmin (PSDB), fazem o mesmo. Alckmin chega ao ponto de liberar o Metrô, gratuitamente, para que os manifestantes reacionários e golpistas saiam às ruas do país exigindo a deposição, ilegal e inconstitucional, da Presidenta Dilma;

4) Apoio de Grandes Empresas e de entidades empresariais!

Como é que tais manifestações golpistas podem ser consideradas como sendo 'espontâneas' se elas são financiadas pela Fiesp e outra grandes empresas (Natura, Habib's, etc) e contam com toda uma estrutura gigantesca e que custa muito caro? 

De onde sai o dinheiro para financiar tudo isso? Cai do Céu, feito maná? 

Brincou, né? 
Imagem da Avenida Paulista no dia 18/03, que foi tomada por 500 mil pessoas. Manifestação foi marcada pela defesa da Democracia, da Justiça Social e do respeito à diversidade. Nas manifestações das forças progressistas ninguém é espancado pelo simples fato de usar uma roupa ou acessório de outra cor... 
5) Apoio da Grande Mídia!

As manifestações dos golpistas reacionários também contam com divulgação e apoio total da Grande Mídia (principalmente da Rede Globo, que usa de todo o seu império midiático para tentar derrubar Dilma e destruir Lula e o PT). A Grande Mídia convoca as pessoas o dia inteiro para protestar contra Dilma-Lula-PT e contra a corrupção;

6) Líderes do Movimento Golpista e as acusações contra os mesmos!

O movimento golpista se diz contra a corrupção, embora o movimento seja liderado por lideranças do naipe de Malafaia, Paulinho da Força, Agripino Maia, Caiado, Eduardo Cunha e assemelhados; Muitos destes líderes respondem a processos na Justiça, inclusive no STF (casos de Paulinho da Força, Cunha e Agripino Maia). 

7) Metrô de graça!

E os golpistas reacionários ainda vão até a Avenida Paulista sem precisar pagar a tarifa de metrô, que é gratuito para os seus atos sempre que eles se manifestam na principal avenida da maior cidade brasileira.  

Aliás, se isso não é usar o dinheiro público, do Metrô, para financiar um movimento golpista, é o que, então? Será que o Alckmin irá ressarcir o Metrô de SP por isso? Afinal, o Metrô é uma empresa pública e não privada. Isso caracteriza flagrante uso da máquina pública em benefício de um movimento anti-nacional e anti-popular. 
Paulinho da Força confessa: Tem muita gente poderosa financiando o Golpe de Estado contra Dilma. Antigamente, essa tal de 'minha gente' tinha nome. Chamava-se CIA...
Eu e todos os outros centenas de milhares de manifestantes que estivemos na Avenida Paulista, ontem, tivemos que pagar a tarifa de metrô normalmente, algo que não aconteceu no ato do movimento golpista de 13/03/2016. 

Inclusive, nos guichês do Metrô havia um aviso de que 'não havia troco'... Será que 'não havia troco', mesmo? Ou será que isso foi feito para diminuir o número de manifestantes, cuja imensa maioria se dirigiu ao local usando do transporte coletivo? Não é de se duvidar. 

Já os reacionários golpistas, que se dizem todos 'probos e honestos', foram de graça ao seu ato na Avenida Paulista, realizado no dia 13/03/2016... 

É esse o tipo de país no qual você deseja viver? 

Eu não. 

8) Manifestações espontâneas coisa nenhuma!

Assim, questiono: Como é que o movimento golpista pode ser considerado 'espontâneo' se conta com tanto apoio financeiro, empresarial, midiático e governamental (vide Alckmin)? Um movimento que conta com total apoio da Grande Mídia (Globo, Abril, Folha, Estadão, Band, Jovem Pan, etc), da Fiesp, que se beneficia de transporte gratuito oferecido pelo governo do estado mais rico do país (Alckmin). 
Movimentos sociais organizados e partidos progressistas defendem a manutenção das riquezas nacionais sob o controle do Brasil. Enquanto isso, a oposição reacionária e golpista deseja entregar o petróleo do pré-sal, a Petrobras, a CEF, o BB para o capital estrangeiro.
9) Golpistas: Cuidado com a roupa que você usa!

Nas manifestações progressistas ninguém é agredido em função de estar usando roupas de cores diferentes (vermelho, azul, rosa, verde, etc), ok? Cada um vai com a roupa, os calçados e os acessórios que queria e jamais foi incomodado por isso. 

Já nas manifestações golpistas isso nunca acontece. 

Basta ir usando alguma coisa vermelha (ou até uma mochila) que tal pessoa já é espancada e mesmo pessoas que não estão usando cor vermelha, mas que se recusam a se manifestar contra o governo Dilma, Lula e o PT são fortemente hostilizados e agredidos. Já tivemos inúmeros casos deste tipo nas manifestações golpistas, inclusive nesta semana. 

Já nas manifestações progressistas vemos pessoas de todas as classes sociais e a imensa maioria é das camadas populares, das massas trabalhadoras, das periferias. 
Mas se aparecer alguém ali usando roupas caras e chiques, ninguém irá agredi-lo em função disso. Eu fui à manifestação na Avenida Paulista, neste dia 18/03/2016, e vi um sujeito de terno e gravata todo emocionado com o discurso de Lula, gritando as palavras de ordem e ninguém o questionou pelo fato de que ele não estava usando roupa do PT, da CUT, do MST ou de qualquer outro partido ou movimento social que estava participando do ato. 
Para conseguir derrubar o governo Jango por meio de um Golpe de Estado, a Direita Reacionária brasileira também promoveu atos de violência contra quem defendia a Democracia no país. Nos dias atuais, acontece a mesma coisa.
Tudo isso explica qual é a grande diferença entre os dois movimentos: 

10) Movimento Golpista Reacionário e Elitista!

Tal movimento possui, claramente, uma natureza fascista, excludente, exclusivista, elitista, reacionária, estimulando o ódio, o preconceito e a intolerância contra quem é pobre ou tem uma ideologia distinta ou, então, que adote um comportamento ou orientação sexual diferente. As ofensas e agressões são dirigidas até mesmo contra quem use roupas ou acessórios de cor vermelha. Até mesmo mendigos são humilhados e ridicularizados nas manifestações golpistas reacionárias. 

Enfim, os integrantes do Movimento Golpista Reacionário agridem, desrespeitam, ofendem e humilham quem não se enquadra no padrão coxinha reacionário e fascista: branco, classe média alta, empresários, muitos com curso superior completo, que vive em bairros exclusivos, de alta renda, e que não se misturam com pobres, negros, mestiços, assalariados, homossexuais, empregadas domésticas, mendigos e que estão habituados a tratar as pessoas das camadas populares como se fossem escravos. 

Além disso, os golpistas reacionários adotam uma postura, com talvez raríssimas exceções, típica de quem pratica uma descarada indignação seletiva, não se furtando a promover atos que seriam, supostamente,'contra a corrupção', mas que são liderados e contam com a participação de lideranças contra a quais há inúmeras acusações, denúncias e processos judiciais em andamento, inclusive no STF, como já citei aqui. 
Manifestações das forças progressistas são caracterizadas pela defesa do respeito às Leis, à Constituição e pela defesa Democracia. 
Tudo isso comprova que a 'luta' promovida por tal movimento golpista não é contra a corrupção, mas contra a ascensão social dos mais pobres e que o mesmo não tem qualquer respeito pela diversidade política, ideológica, comportamental, religiosa, cultural e étnica que caracteriza a sociedade brasileira. 

11) As Leis não são relevantes! 

Os integrantes do Movimento Golpista são favoráveis a que as leis e a Constituição do país sejam jogadas no lixo, em nome de um suposto e hipócrita 'combate à corrupção', apoiando e defendendo ações claramente ilegais, como a do juiz Sérgio Moro, que divulgou grampos feitos de maneira ilegal contra o ministro Lula e a Presidenta Dilma. 

Para os integrantes do Movimento Golpista, vale o que disse o juiz Sérgio Moro: As leis não são relevantes. 

12) Movimento Progressista Democrático - Plural e Democrático!

Tal movimento é inclusivo, plural, democrático, aceitando a participação de pessoas, partidos e movimentos sociais de todas as origens, desde que sejam manifestamente democráticos. 

Neste movimento, que possui um caráter plural e democrático, nós temos a participação de integrantes de vários partidos: PT, PCdoB, PSOL, PCO, bem como de inúmeros movimentos sociais organizados, incluindo o MST, CUT, UNE, MTST, LGBT, Movimento Negro, de Cultura, entre outros. 
Manifestações das forças políticas golpistas e reacionárias vivem pedindo por intervenção militar, volta da Ditadura Militar, a invasão do Brasil pelos EUA e o fechamento do Congresso Nacional, algo que não se vê nas manifestações das forças progressistas. 
E ao contrário do que muitos notórios reacionários e desinformados afirmam, tais pessoas, movimentos sociais e partidos políticos que participam do MPD também fazem, sim, críticas do governo Dilma. 

A CUT, UNE, MST, MTST, entre outros movimentos sociais de perfil progressista e democrático, são críticos notórios, por exemplo, das políticas de ajuste fiscal que foram adotadas no primeiro ano do segundo mandato de Dilma e cobram uma mudança radical de orientação da política econômica adotada pelo governo federal, a fim de estimular retomar o processo de crescimento econômico, via aumento da produção, gerando a criação de novos empregos, aumentando os salários dos trabalhadores e elevando os investimentos nos programas sociais. 

Tudo isso seria feito com o objetivo de melhorar as condições de vida da população. 

Ninguém que faça parte do MPD pergunta pela orientação sexual, ideológica, religiosa, pela cor da pele ou da roupa das pessoas que participam do mesmo. Há de tudo nas manifestações, que mostram o quanto o nosso país é plural, democrático e diversificado. 

Mas entre fazer críticas ao governo Dilma e defender um Golpe de Estado que visa derrubar uma Presidenta contra a qual não há nenhuma acusação, denúncia ou processo em andamento, e que foi eleita diretamente pelo povo, vai uma grande distância.

E a defesa da Democracia e do respeito ao Estado Democrático de Direito são princípios inegociáveis para o MPD. 
Cerca de 1,3 milhão de pessoas saíram às ruas do país, em plena sexta-feira à noite (dia útil), e sem ter direito a filé mignon da Fiesp e tampouco a transporte coletivo gratuito, como acontece nas manifestações reacionárias em São Paulo, cujos manifestantes sempre fazem uso gratuito do Metrô. 
Vamos combater a corrupção? Claro que sim. Mas que isso seja feito dentro do marco legal vigente no Brasil, respeitando-se integralmente as Leis e a Constituição do país. 

E temos totais condições de defender tal posicionamento porque foram os governos Lula e Dilma que criaram todos os principais mecanismos e instrumentos legais que permitem que, hoje, a corrupção seja devidamente combatida e investigada em nosso país. 

Exemplos disso são: 

A) Aprovação da lei da delação premiada (2006); 

B) Aprovação da lei que permite punir os corruptores (Lei 13.846); 

C) Fortalecimento da Polícia Federal, que teve o seu efetivo fortemente ampliado, a remuneração dos seus funcionários foi melhorada e que conta com todos os recursos materiais necessários para fazer o seu trabalho; 

D) Respeito à autonomia da atuação da Procuradoria-Geral da República, nomeando-se sempre o procurador mais votado pela categoria, algo que nunca aconteceu no governo FHC, que sempre nomeava o mesmo, Geraldo Brindeiro, mesmo com o mesmo jamais tendo vencido uma votação entre os membros do Ministério Público Federal;

E) Criação do Portal da Transparência;

F) Criação da CGU (Controladoria-Geral da União). 
A Ditadura Militar e a Tme-Life, juntas, ajudaram muito no processo de transformação de um mero jornal conservador do RJ, 'O Globo', em um dos maiores monopólios midiáticos do Mundo, dando origem à Rede Globo. E agora a mesma Rede Globo promove um movimento golpista que visa derrubar o governo Dilma e implantar uma Ditadura Policial-Midiática e Judiciária no Brasil. 
12) Movimento Progressista Democrático não tem apoio midiático!

O Movimento Progressista Democrático não conta com apoio midiático (de Rede Globo, Veja, Folha, Estadão, Band, todos apoiadores do Golpe de Estado contra Dilma) e ou de qualquer entidade empresarial (como a Fiesp, que apoia o movimento golpista), seus simpatizantes não tem o benefício de se deslocar gratuitamente pelo Metrô até o local do protesto e o mesmo realiza as suas manifestações em dias úteis, quando as pessoas ainda estão voltando do trabalho ou da escola. 

Mesmo assim, ontem tivemos a presença de mais de mais de 1,3 milhão pessoas em atos espalhados pelas principais cidades do país, sendo que tivemos 500 mil em São Paulo, 200 mil no Recife, 100 mil em Salvador e 100 mil em Fortaleza. Rio de Janeiro mobilizou cerca de 80 mil pessoas e Belo Horizonte mais 50 mil, pelo menos. 
Além de pedir pela volta da Ditadura Militar, pelo fechamento do Congresso Nacional, as manifestações reacionárias também pedem pela invasão do Brasil pelos EUA. E o pior é que eles usam o verde e o amarelo na faixa... Haja canalhice!
13) Movimento Progressista Democrático defende ampliação de direitos e luta contra qualquer forma de ódio, preconceito, intolerância e discriminação!

Os discursos e reivindicações do Movimento Progressista vão sempre na defesa da manutenção e ampliação dos direitos sociais, trabalhistas e previdenciários, condenam qualquer forma de preconceito ou de discriminação contra qualquer grupo social, defendem o respeito ao resultado das eleições, bem como a manutenção do Estado Democrático de Direito e da defesa da Constituição e da Legalidade. 

Com tudo isso, você ainda tem dúvidas sobre o tipo de país no qual deseja viver? Eu não. 

Eu quero viver em um país que respeite toda a sua pluralidade e diversidade, de todas as naturezas (política, ideológica, religiosa, étnica, cultural, comportamental, de nível de renda, das roupas que usa), e no qual o respeito às Leis e à Constituição seja a regra e não a exceção, sem fazer uso de qualquer tipo de indignação seletiva de caráter hipócrita, tal como ocorre no Movimento Golpista Reacionário, que promovem atos liderados por lideranças políticas que foram denunciados pela Justiça. 
Noblat explica o motivo de tantos políticos que tem sérios problemas com a Justiça estarem interessados em derrubar Dilma. Precisa dizer mais alguma coisa? 
Quem cometeu crimes, que pague pelos mesmos. E que isso seja válido para todos e não apenas para alguns. E que isso aconteça sem que os direitos fundamentais destas pessoas sejam jogados no lixo. 

Afinal, se hoje o desrespeito às Leis valem apenas para os seus inimigos, no futuro isso poderá se voltar contra você, até que chegará o momento em que não haverá mais lei alguma e estaremos sujeitos ao arbítrio e à violência de um governo ditatorial e fascista, para quem o respeito à Lei não é relevante.

Não Passarão! Democracia Sempre! Em defesa da Constituição e da Legalidade!

Não Vai Ter Golpe!!!

Links:

1,3 milhão de pessoas defendem a Democracia e a Justiça Social em todo o Brasil:


Atos em defesa da Democracia são marcados pela pluralidade e diversidade:

Participação da Petrobras no PIB brasileiro cresceu de 3% no ano 2000 e para 13% em 2014, acumulando um cresicmento de 433%. 
Se fosse nos EUA, Sérgio Moro já estaria preso:


Dilma: Em qualquer país do mundo, quem grampeia Presidente vai preso!


37 dos 65 integrantes da Comissão Especial do Impeachment tem problemas com a Justiça:


Ato de 18/03/2016 reuniu 500 mil pessoas em São Paulo em defesa da Democracia:

http://www.ocafezinho.com/2016/03/19/brasil-de-fato-ato-em-sao-paulo-reune-500-mil-pessoas-contra-o-golpe/


O Golpe contra Dilma é para impedir ascensão social dos mais pobres:

Governos Lula e Dilma criaram todas as principais e leis e mecanismos que permitem o combate à corrupção, tais como a a criação da CGU, a Lei da Lavagem de dinheiro, a Lei AntoCorrupção de 2013 e a Lei das Organizações Criminosas. 
Paulinho da Força: Tem muita gente para financiar o Impeachment:


Impeachment contra Dilma só está avançando graças a Eduardo Cunha:


Novo ministro da Justiça irá punir ilegalidades cometidas pela PF:


Rede Globo é cada vez mais odiada, até pelos seus empregados:


Aécio e Alckmin são expulsos de manifestação golpista e Lula é ovacionado em manifestação pela Democracia:

A defesa da Democracia e do Estado Democrático de Direito está sempre presente nas manifestações progressistas que se realizam no Brasil. 
Fernando Brito - Não Vai Ter Golpe? Eu não sei:


Sérgio Moro cometeu irregularidades ao divulgar grampo de conversa entre Lula e Dilma: 


Sérgio Moro: Fato do grampo de Lula e Dilma ser ilegal não é relevante:


Rodrigo Janot é o cérebro do Golpe:


Democracia enche as ruas do Brasil: 


Datafolha manipula e mente sobre números de presentes em manifestações:


A Rede Globo e algumas das suas inúmeras mentiras. 
Fiesp distribui filé mignon para manifestantes reacionários e golpistas na Avenida Paulista:


Fascistas arromba sede do diretório do PT em Belo Horizonte: 


A quem interessa desmantelar o Estado Democrático de Direito:


Fascismo já está presente no Brasil: 


Jovem é agredida por reacionários e fascistas em manifestação anti-Dilma: 


Vídeo - Manifestantes fascistas quase matam jovem que se recusou a protestar contra o Governo Dilma: 

Nenhum comentário: