segunda-feira, 16 de maio de 2016

Como devemos agir com os coxinhas golpistas arrependidos? - Marcos Doniseti!

Como devemos agir com os coxinhas golpistas arrependidos? - Marcos Doniseti!
'O Quarto Poder': Livro de Paulo Henrique Amorim ajuda a entender como funciona a Grande Mídia brasileira e quais são os interesses que ela defende.
Já li vários comentários e relatos de pessoas que dizem que ouviram de amigos, colegas de trabalho e familiares que declarações de arrependimento pelo fato de terem apoiado o Golpe contra Dilma. 

Nestes casos, como deveremos agir em relação a estes coxinhas arrependidos que perceberam, um pouco tardiamente, que foram enganados pelo movimento golpista que afastou a Presidenta Dilma, temporariamente, do cargo de Presidente da República?

Bem, entendo que devemos aproveitar este momento para tentar iluminar tais pessoas, esclarecê-las, apresentando para as mesmas outras fontes de informação e de conhecimento, que possam mudar a visão de mundo equivocada que elas tem e que foi a grande responsável por adotarem uma postura tão equivocada.

Se este trabalho for bem desenvolvido, talvez muitos deles deixem de ser conservadores, golpistas, reacionários e passem a ter uma visão diferente do mundo, e passem a defender ideias de justiça social, de distribuição de renda, de participação popular no governo, de respeito à diversidade, em todos os aspectos (políticos, ideológicos, étnicos, de gênero, de comportamento, religioso, etc). 
Coleção de livros sobre a história do Brasil Colonial (em 3 volumes). 
Com isso, estaremos salvando muitas almas da danação, evitando que elas venham a arder nas chamas do neoliberalismo e do reacionarismo eternos. 

Para que isso aconteça, apresento abaixo uma pequena lista de sugestões sobre como deveremos agir com relação aos coxinhas golpistas arrependidos. 

1) Ignorando a Grande Mídia: 

Falem para eles (as) deixarem de ler e de acreditar em Veja, Folha, Estadão, O Globo, bem como para que nunca mais voltem a assistir (e muito menos a acreditar, é claro) em telejornais da Globo, Band, SBT, bem como deixem de ouvir emissoras de rádio reacionárias e golpistas, como são a CBN, Jovem Pan, Bandeirantes, enfim, para que passem a ignorar a Grande Mídia e os reacionários que comentam nela.

Afinal, foi esta Grande Mídia que, com o seu noticiário mentiroso e manipulador, enganou os coxinhas golpistas arrependidos, dizendo que todos os problemas do Brasil eram 'culpa da Dilma' e que o Brasil está 'quebrado'. 
'O Imaginário Trabalhista', ótimo livro de Jorge Ferreira sobre o movimento operário brasileiro no período de 1945-1964.
2) Lista de Blogs e Sites progressistas:

Apresentem para os mesmos uma lista de sites e blogs alternativos, de perfil progressista, incluindo na mesma aqueles que são, de certa maneira, obrigatórios, como: O Cafezinho, Portal Vermelho, Viomundo, Rede Brasil Atual, Revista Fórum, Conversa Afiada, GGN/Luis Nassif, Tijolaço, Carta Maior, Opera Mundi, Outras Palavras e Diário do Centro do Mundo.

Com isso, os coxinhas golpistas arrependidos irão descobrir quantos fatos eles deixaram de tomar conhecimento ou de quantas mentiras foram impostas a eles, pois os mesmos somente se 'informavam' pela Grande Mídia, que mente, manipula e distorce o noticiário o tempo inteiro, sendo que já faz isso há muitos anos; 

3) Lista de Livros sobre a História do Brasil:

Ofereçam a eles a lista de alguns livros sobre a realidade brasileira, de autores como Caio Prado Júnior, Celso Furtado, Jorge Ferreira, Angela de Castro Gomes, Daniel Aarão Reis, Marcelo Ridenti, Marcio Pochmann, Palmério Dória, Aloysio Biondi, Paulo Moreira Leite, Cássio Moreira, Paulo Henrique Amorim, Emir Sader, entre muitos analistas e estudiosos da história e da realidade de nosso país. 

Assim, quem sabe eles passam a desenvolver uma visão histórica mais rica e ampla da história do Brasil, percebendo o quanto esse país acumulou problemas imensos durante mais de 500 anos e que muitos deles são difíceis de superar porque possuímos elites profundamente retrógradas, que se recusam a aceitar a construção de uma sociedade onde todos possam viver com dignidade e não apenas uma meia-dúzia de ricos e milionários. 

E com isso, eles conseguirão entender porque tais elites, frequentemente, recorrem a Golpes de Estado que visam derrubar governos progressistas que adotam políticas econômicas e sociais que beneficiam aos trabalhadores e aos mais pobres, como aconteceu com Getúlio Vargas, JK/Jango, Jango, Lula e Dilma. 
Ótimo livro sobre o período da chamada 'Primeira República', no qual a população não participação do governo, que era controlado por elites de mentalidade profundamente retrógradas. Qualquer semelhança com o governo Temer não é mera coincidência. 
A criação de leis trabalhistas e da Petrobras/CSN/BNDES/Vale do Rio Doce (governo Vargas), a realização de grandes investimentos públicos na área industrial e na infra-estrutura, a rejeição às políticas recessivas do FMI e o desfrute de amplas liberdades políticas democráticas (governo JK/Jango), o aprofundamento das reformas de base e a participação de movimentos sociais no governo federal (governo Jango) e a adoção de um amplo conjunto de políticas de inclusão social e de distribuição de renda (governos Lula e Dilma) foram algumas das principais razões que levaram tais governos a sofrerem inúmeras tentativas de Golpes de Estado.

Todos estes governantes sofreram, em algum momento, tentativas de Golpes de Estado, sendo que alguns foram vitoriosos, enquanto que outros Golpes foram derrotados.

Quem sabe, assim, os coxinhas arrependidos percebem que governar em favor dos trabalhadores e dos mais pobres é algo muito perigoso no Brasil, pois temos elites profundamente retrógradas que rejeitam a participação popular no governo, bem como a adoção de políticas que beneficiam os trabalhadores e os mais pobres. 

Os ataques desferidos por ministros do governo golpista de Temer contra os direitos previdenciários, o SUS e o Bolsa Família já demonstram, claramente, qual o rumo que o mesmo irá tomar.
Biografia de Carlos Marighella, um dos principais líderes da Esquerda brasileira durante o século 20. 
4) Expliquem que ninguém votou no Temer para governar o Brasil: 

Expliquem aos coxinhas golpistas arrependidos que ninguém votou no Temer para governar o Brasil. 

Nós votamos em Dilma para governar, bem como apoiamos, na campanha eleitoral, um plano de governo que tem como objetivo ampliar e aprofundar as conquistas sociais e econômicas dos 12 anos de governo Lula e Dilma que, entre inúmeros outros avanços importantes, fez 40 milhões de pessoas deixarem a pobreza extrema, construiu e entregou mais de 2,5 milhões de moradias pelo MCMV e tirou o Brasil do Mapa da Fome da ONU (pela primeira vez em nossa história). 

Ninguém votou, na eleição presidencial de 2014, em um plano de governo que prevê o fim dos direitos previdenciários adquiridos, o fim do SUS e a redução substancial, ou até a extinção, de inúmeros programas sociais (Bolsa Família, ProUni, Farmácia Popular, SAMU). 

Caso o PMDB tivesse lançado Temer como candidato à Presidente da República em 2014 e o mesmo viesse a público defender tal programa, quantos votos ele conquistaria? Bem poucos, com certeza.

Além disso, a função de um Vice não é de conspirar para tomar o lugar do titular do cargo, mas ajudá-lo (a) a governar. 

Quando foi que Michel Temer pediu o voto da população defendendo um programa de governo tão retrógrado quanto este que está colocando em prática? Quando é que ele foi eleito para fazer tudo isso?


Nunca.
'O Grande Irmão': Livro do historiador Carlos Fico, que mostra como os EUA agiram para derrubar o governo democrático de João Goulart e como deram apoio, desde o início, à Ditadura Militar instalada após a vitória do Golpe de 64.  
4) Convide-os para participar de atos em defesa da Democracia e contra o governo golpista e ilegítimo de Michel Temer:

Convide-os para participar de atos que exigem o 'Fora Temer' e que defendem o respeito à Constituição e à Democracia brasileira. 

Talvez eles comecem a perceber que tais manifestações são muito mais representativas da diversidade que caracteriza a sociedade brasileira, em todos os aspectos (econômico, social, étnico, etc) do que as manifestações golpistas, elitistas e reacionárias das quais eles participavam.

E os coxinhas golpistas arrependidos também irão descobrir outra coisa importante: Nestes atos democráticos, ninguém é hostilizado, agredido ou ofendido em função da cor da roupa que está usando;

5) Nunca é tarde para se iluminar e descobrir a Verdade!

Com tudo isso, quem sabe estes coxinhas golpistas arrependidos ficarão imunizados contra futuros movimentos golpistas e manipuladores, como foi este que resultou no Golpe contra Dilma. 
'Liberdade por um Fio': Excelente livro sobre a história dos quilombos no Brasil.
Desta maneira, eles nunca mais serão enganados. E o melhor de tudo: eles deixarão de ser coxinhas reacionários e passarão a ter uma visão humanista e, quem sabe, também passarão a defender a construção de uma sociedade mais justa, democrática e civilizada. 

Nunca é tarde para abrir os olhos e descobrir a Verdade! 

Obs: Abaixo, apresento um link que dá acesso a um texto que postei no meu blog, com uma lista de mais de 100 livros que devem ser lidos para que as pessoas conheçam a história do Brasil e não se deixem mais enganar pela Globo, Veja, Folha, Estadão e para que nunca mais levem a sério 'pensadores' reacionários (dispenso de citá-los, pois são conhecidos por todos) que falam e escrevem tantas bobagens na Grande Mídia brasileira. 

Link:

Lista de mais de 100 livros que podem ajudar a entender a história do Brasil: 

http://guerrilheirodoanoitecer.blogspot.com.br/2016/03/lista-de-mais-de-100-livros-que-podem.html


Nenhum comentário: