sexta-feira, 20 de maio de 2016

O Brasil que Lula e Dilma deixou para Temer! - Marcos Doniseti!

O Brasil que Lula e Dilma deixou para Temer! - Marcos Doniseti!
Salário Mínimo teve aumento do seu poder de compra durante os governos Lula e Dilma. Em 2014, o mesmo comprava 2,2 cestas básicas, contra 1,4 cesta básica em 2002. 
1) O Brasil tinha ridículos US$ 16 bilhões de reservas internacionais no final de 2002, equivalentes a apenas 4 meses de importações. Hoje tem US$ 376 bilhões, equivalentes a 32 meses de importações;

2) A decisão de acumular reservas internacionais abundantes foi do Presidente Lula. E ele foi fortemente criticado, por ter tomado essa decisão, pela Grande Mídia e pela oposição golpista , a mesma que, hoje, governa o país de forma ilegal, o que já foi denunciado por toda a imprensa internacional;

3) O 'Ciclo de commodities' beneficiou a todos os países exportadores das mesmas (o que inclui todos os países da América Latina, África, Oriente Médio e grande parte da Ásia) e não apenas o Brasil;

4) No final de 2014 o Brasil tinha um taxa de desemprego de 4,3% (dezembro de 2014), a menor da história do país;

5) O Brasil ficou 11 anos consecutivos (2004-2014) com taxa de inflação dentro da meta (que vai de 2,5% a 6,5% ao ano), algo inédito na história brasileira;

6) O Brasil saiu, pela primeira vez em sua história, do Mapa da Fome da ONU;
Reservas internacionais líquidas do Brasil tiveram um crescimento expressivo durante os governos Lula e Dilma, passando de US$ 16 bilhões em 2002 para US$ 376 bilhões em 2002, acumulando um crescimento de 2.260%.
7) A Renda per Capita brasileira passou de US$ 2.800 (2002) para US$ 11.600 (2013), acumulando um crescimento de 314% durante os governos Lula e Dilma;

8) O Salário Mínimo foi reajustado em 340% entre 2003-2006, passando de R$ 200 (US$ 55 em 2002) para R$ 880 (US$ 250 em 2016). Seu poder de compra é o maior dos últimos 50 anos;

9) Em 2002 o Brasil teve um PIB de ridículos US$ 459 bilhões, que era o 13º. Do Mundo e o 4º. Maio da América. Em 2014 o PIB foi de US$ 2,6 trilhões (aumento de 466%), tornando-se o 7º. Maior do Mundo e o 2º. Maior da América (atrás apenas dos EUA, maior economia mundial);

10) Foram criados 21 milhões de empregos com carteira assinada entre 2003-2014, o maior número da história do país;

11) O superávit comercial acumulado entre 2003-2015 (governos Lula e Dilma) foi de US$ 327 bilhões. E o superávit comercial de 2016 deverá ser próximo de US$ 50 bilhões, segundo estimativas feitas pelos próprios exportadores (AEB);

12) O Brasil é o 5º. País do mundo que mais recebe investimentos externos produtivos. Nos 12 meses terminados em Março de 2016, o valor acumulado chega a US$ 78,9 bilhões;
Governos Lula-Dilma: A Renda per Capita brasileira cresceu de US$ 2.811 (2002) para R$ US$ 11.670 (2014), acumulando um crescimento de 315,2%. 
13) O número de estudantes matriculados no Ensino Superior passou de 3,5 milhões (2002) para 7,3 milhões (2013), acumulando um crescimento de 108,6%;

14) 50 milhões de brasileiros subiram de classe sócio econômica durante os governos Lula e Dilma: 40 milhões subiram para a classe C e outros 10 milhões ascenderam para as classes AB;

15) Durante os governos Lula-Dilma, foram construídas 422 escolas técnicas federais, contra apenas 11 em 8 anos de governo FHC (este, aliás, assinou um decreto proibindo o Governo Federal de construir as mesmas);

16) Lula e Dilma construíram 18 novas universidades federais, contra nenhuma de FHC;

17) Nos governos de Lula-Dilma foi aprovada a PEC das Domésticas, que reconheceu vários direitos trabalhistas para as mesmas, beneficiando mais de 7,5 milhões de empregados (as) domésticos (as);

18) Daí, em 2015, a oposição Golpista impediu Dilma de governar. Para isso,  golpistas reacionários fizeram o seguinte:

A) A Grande Mídia e a oposição golpista estimularam uma operação Vaza Jato, inteiramente seletiva e que quebrou as maiores empreiteiras do país, paralisou obras pelo Brasil inteiro e tirou o emprego de 1 milhão de trabalhadores apenas em 2015, segundo dados de consultorias econômicas privadas;

B) A oposição reacionária e golpista, junto com Eduardo Cunha, aprovou as pautas-bomba, que foram feitas especificamente para inviabilizar o governo Dilma e que aumentavam as despesas públicas em mais de R$ 200 bilhões, sem que houvesse recursos para se promover tais gastos, o que é uma violação da Lei de Responsabilidade Fiscal;
Os investimentos externos produtivos (IED) tiveram um crescimento expressivo durante os governos Lula e Dilma, passando de US$ 49,2 bilhões no período 2000/2002 para US$ 181,2 bilhões no período 2011-2013 (crescimento de 268,3%).  
C) Tivemos o golpismo descarado da oposição reacionária, que criou um clima permanente de instabilidade política e que assustou investidores e paralisou investimentos produtivos;

D) Tivemos o terrorismo midiático (da Rede Globo, em especial), que assustou a população, levando a mesma a parar de consumir bens e serviços de maior valor, jogando a economia na recessão.

Também tivemos o agravamento da crise mundial, que começou em 2008 e que está muito longe de terminar. Exemplos disso são a forte queda do crescimento na China – despencou de 13% para pouco mais de 6%; os protestos contra a reforma trabalhista de François Hollande na França; o desemprego altíssimo na União Europeia, que possui 26 milhões de desempregados; a Espanha, que não consegue sequer formar um governo desde o final de 2015;

19) Todas as leis e instituições que permitem investigar e combater a corrupção foram criadas e ou fortalecidas durante os governos Lula-Dilma. Tal fato foi reconhecido, publicamente, aliás, por um dos principais procuradores da Lava Jato, Carlos Fernando de Lima.

Aliás, uma dessas instituições, a CGU (que afastou mais de 5 mil servidores públicos federais envolvidos em irregularidades entre 2003-2014), acabou de ser fechada pelo governo golpista e ilegítimo de Temer;
Será que os coxinhas reacionários e golpistas entenderão que o plano de governo de Temer, anti-popular e anti-nacional, foi rejeitado pela população brasileira em 4 eleições presidenciais consecutivas (2002, 2006, 2010 e 2014) e que, portanto, o mesmo é totalmente ilegítimo? Quantos votos um candidato teria se defendesse uma política que promove arrocho salarial, privatizações desnacionalizantes, desmonte da CLT, redução e extinção de programas de inclusão social e reforma previdenciária que não respeita direitos adquiridos?  
20) Portanto, a crise brasileira de 2015 é obra exclusiva de uma oposição reacionária, corrupta e golpista, que não soube aceitar a quarta derrota eleitoral consecutiva em 2014 e que, após derrubar Dilma de maneira ilegal, levou para o governo inúmeras lideranças políticas que são investigadas pela Justiça, pelos mais variados motivos (envolvimento na Lava Jato, na Zelotes, casos de improbidade administrativas, licitações fraudulentas, tentativa de assassinato, formação de quadrilha, desvio de dinheiro público, etc, etc, etc).

Aliás, são bem poucos os ministros do governo golpista e ilegítimo de Temer que não estão encrencados com a Justiça. Basta ver a ficha do novo líder do governo Temer na Câmara dos Deputados, André Moura, para se constatar isso.

E o pior é que temos um governo totalmente ilegítimo, que coloca em prática um plano de governo que, em momento algum, foi submetido à votação popular.


Fora, Temer Golpista, Usurpador e Traidor!

Links:

Obra dos governos Lula-Dilma: Aeroporto do Galeão tem sua capacidade ampliada de 17 milhões para 30 milhões de passageiros/ano:

Este é o governo golpista e ilegítimo de Michel Temer... 
Governo Temer anuncia que piso do INSS será inferior ao Salário Mínimo:


Governo Temer cancela a 3a. fase do Minha Casa Minha Vida:


Henrique Meirelles quer reforma da Previdência Social válida para quem já está no mercado de trabalho: 


Governo Temer: Ministro da Saúde quer acabar com o SUS e estimular ida para planos de saúde privados:


Governo Temer: Planos do governo golpista prevê desmonte do Estado Social: 


Lava Jato reduziu PIB em 2,5% em 2015, diz consultoria Tendências:


IPEA diz que Lava Jato contribuiu para aumentar o desemprego: 

Obras realizadas no aeroporto do Galeão ampliaram a capacidade do mesmo de 17 milhões para 30 milhões de passageiros/ano. Tais obras fazem parte do programa de concessões lançado no governo Dilma. 
Salário Mínimo tem o maior poder de compra dos últimos 50 anos:


Reservas internacionais líquidas no dia 11/05/2016:


Benefícios previdenciários com valor superior a 1 salário mínimo tiveram reajuste de 11,28% no início de 2016:


Dilma lança terceira fase do Minha Casa Minha Vida: Objetivo é construir 2 milhões de moradias até o final de 2018:

Nenhum comentário: