terça-feira, 19 de julho de 2016

FMI diz que mundo precisa aumentar a demanda para superar crise! Temer faz o contrário! - Marcos Doniseti!

FMI diz que mundo precisa aumentar a demanda para superar crise! Temer faz o contrário! - Marcos Doniseti!
A situação da economia mundial está bem ruim, não é mesmo, Christine Lagarde? 
Segundo o mais recente relatório divulgado pelo FMI, a situação da economia mundial é a seguinte:
1) Sistemas financeiros da Itália e Portugal estão com sérios problemas e isso pode afetar a economia mundial;
2) Divisões políticas (radicalização) nos países desenvolvidos são um problema para a economia mundial, pois podem estimular o protecionismo;
3) Turbulência prolongada nos mercados financeiros e o aumento global da aversão a investimentos arriscados podem prejudicar o desempenho da economia mundial (terá menos investimentos nos países emergentes, que crescerão menos);
4) Excesso (bolha) de oferta de crédito na China pode implodir a qualquer momento;
5) Países exportadores de matérias-primas precisam ajustar as suas economias (já que o preço das commodities desabou nos últimos anos: petróleo, minério de ferro, soja, etc);
6) Economia do Oriente Médio está sendo prejudicada pelas Guerras e pelo Terrorismo;
7) Seca na África e Zika vírus na A.Latina são problemas sérios;
8) Baixa inflação e o pequeno crescimento das economias dos países desenvolvidos exigem estímulos à DEMANDA INTERNA;
Em vez de estimular a demanda, todas as medidas do governo golpista de Michel Temer vão no sentido de provocar uma recessão ainda mais profunda na economia, por meio de medidas como:  
1) Arrochar salários e benefícios previdenciários, o que irá reduzir o consumo, gerando mais recessão;
2) Cortar os investimentos públicos e os gastos sociais, o que reduzirá a demanda do setor público, o que contribuirá para aprofundar a recessão;
3) Elevar juros reais da economia: A inflação está em queda (caminhando para fechar 2016 em torno de 7%), mas a taxa Selic permanece a mesma (14,25% ao ano), aumentando a taxa real. 
4) Juros reais mais elevados desestimulam os investimentos produtivos e estimulam as aplicações financeiras, que se tornam muito mais atrativos do que investir na produção ou consumir;
5) Valorização do Real, o que prejudica as exportações e aumenta as importações, contribuindo para gerar empregos (e salários) nas economias dos outros países, prejudicando as empresas e empregos dentro do país;
Assim, o governo golpista de Temer está fazendo exatamente o contrário do que o FMI recomenda para se poder superar a crise. 
Obs: Ué, mas o Armínio Fraga não disse que a crise mundial tinha acabado em 2009? O que foi que deu errado nas análises dele, hein?
Link:

Nenhum comentário: