domingo, 28 de agosto de 2016

Governos Lula e Dilma promoveram a nossa Revolução Francesa pacífica! Golpe de 2016 é o Golpe do 9 Termidor da nossa história! - Marcos Doniseti!

Governos Lula e Dilma promoveram a nossa Revolução Francesa pacífica! Golpe de 2016 é o Golpe do 9 Termidor da nossa história! - Marcos Doniseti!
Durante os governos Lula e Dilma tivemos o maior processo de ascensão social e econômica dos setores populares da história do país, caracterizando uma verdadeira Revolução Democrática feita de forma pacífica. 
Segundo o cientista político André Singer, o Golpe de 2016 representa uma ruptura profunda na história brasileira, pois as conquistas da Constituição de 1988, as quais Lula e Dilma teriam colocado em prática de forma 'homeopática', estão sendo revertidas 

A Constituição de 1988 foi jogada no vaso sanitário pelo Golpe de 2016. Isso é fato. 

E os gastos sociais tiveram o maior aumento da história do país durante os governos Lula e Dilma. 

Logo, o aumento deles não foi 'homeopático', como diz, equivocadamente, André Singer. Lula e Dilma colocaram os pobres no Orçamento, algo virtualmente inédito da história brasileira.

Tanto isso é verdade que, durante os governos Lula e Dilma, nós tivemos o seguinte:

A) 50 milhões de pessoas ascenderam social e economicamente: 10 milhões subiram para as classes AB e outros 40 milhões subiram para a classe C. Com isso, as classes ABC passaram a representar 2/3 da população do país, contra apenas 1/3 ao final do governo FHC;
A construção e entrega de 2,5 milhões de moradias por meio do Minha Casa Minha Vida foi uma das políticas mais bem sucedidas adotadas pelos governos Lula e Dilma (2003-2015). Seus governos entrarão para a história como a 'Era da Inclusão Social'.  
B) O salário mínimo teve um aumento real de 91% (entre 2003-2016), passando de R$ 200 (2002) para R$ 880 (2016); 

C) Foram criados 21 milhões de empregos formais (2003 a 2014). Assim, de um total de 49 milhões de empregos formais existentes mno Brasil ao final de 2014, 42,9% foram criados entre 2003-2014;

D) A renda passou a ser melhor distribuída: O índice de Gini atingiu o menor patamar da história desde que começou a ser medido no país, caindo de 0,59 para 0,51 entre 2003-2014. Quanto mais próximo de Zero, menor é a concentração de renda. 

E) O número de estudantes universitários mais do que dobrou, passando de 3,5 milhões (2002) para 7,3 milhões (2013), graças à expansão das universidades federais, ao ProUni e ao Fies. 

F) Construição e entrega de 2,5 milhões de moradias do Minha Casa Minha Vida pelo governo Dilma, sendo o maior programa habitacional destinado à população de baixa renda da história brasileira. 
A política de se promover aumentos reais para o Salário Mínimo, adotada pelos governos Lula e Dilma, levaram a que o mesmo tivesse um aumento real de 91,3% (2003-2016), chegando ao seu maior patamar em 50 anos. 
G) 2/3 dos estudantes das Universidades Federais pertencem às classes D e E, ou seja, são das classes trabalhadoras e de menor renda. Isso aconteceu devido aos programas de inclusão universitária adotados pelos governos Lula e Dilma, como as leis de Cotas (que reserva metade das vagas para estudantes originários da escola pública), bem como o Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES), que paga uma bolsa mensal para estudantes de menor renda. 

Muitas outras conquistas poderiam ser citadas, mas vou parar por aqui, caso contrário o texto ficaria muito extenso. 

Em um país tão desigual e com classes dominantes tão violentas, reacionárias e autoritárias quanto aquelas que sempre tivemos no Brasil, desde o período Colonial, tal processo de ascensão social e econômica das camadas populares, que tivemos durante os governos Lula e Dilma, é o equivalente a uma verdadeira Revolução Democrática, mas que foi promovida dentro das regras do devido marco legal, respeitando-se a Constituição do país. 

Este processo de ascensão social e econômica dos mais pobres que tivemos entre 2003-2014 equivale a uma espécie de Revolução Francesa feita de forma pacífica por Lula e Dilma. 

Já o Golpe de 2016 é o Golpe do 9 Termidor de nossa história. 

Para quem não conhece a história da Revolução Francesa, o Golpe do 9 Termidor de 1794 derrubou o governo Jacobino (que era ligado às camadas populares, principalmente aos trabalhadores assalariados, camponeses e aos pequenos burgueses), que havia promovido a Reforma Agrária, implantado ensino público e gratuito, aumentado o valor dos salários, controlado os preços dos aluguéis e adotado o voto universal, permitindo a participação popular no governo francês (Parlamento), algo inédito na história do país e da Europa. 
Golpe do 9 Temidor (27 de Julho de 1794) derrubou o governo Jacobino, que contava com significativa participação popular e que havia tomado uma série de medidas que beneficiaram aos trabalhadores e aos mais pobres, como a realização de uma Reforma Agrária e a adoção do Voto Universal. 
O Golpe do 9 Termidor de 1794 levou a Grande Burguesia ao poder e resultou na implantação de um governo autoritário, corrupto e repressivo (que foi o governo do Diretório, que durou de 1795-1799) e que era inteiramente controlado pela Burguesia.

Este governo burguês reacionário do Diretório promoveu uma série de retrocessos sociais e econômicos: a Reforma Agrária feita pelos Jacobinos e o controle de preços dos aluguéis foram anulados e o voto universal foi extinto, adotando-se novamente o voto censitário (por este, somente os ricos votavam ou podiam ser eleitos). 

E as forças mais progressistas (os Jacobinos) da Revolução Francesa foram, é claro, duramente reprimidas a partir de então. 

A agenda profundamente retrógrada, autoritária, regressiva e entreguista que o governo golpista de Temer irá colocar em prática será a comprovação disso. 

Quem viver, verá.
Governo golpista e ilegítimo de Temer colocará em prática um programa de governo que foi derrotado em 4 eleições presidenciais consecutivas e que inclui a transformação da CLT em letra morta. 
Link:

André Singer: Há uma profunda ruptura em curso:

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/andresinger/2016/08/1807526-ha-uma-profunda-ruptura-em-curso.shtml

Nenhum comentário: