quinta-feira, 4 de agosto de 2016

O pré-Sal não é lucrativo? Kkkkkkk – Marcos Doniseti!

O pré-Sal não é lucrativo? Kkkkkkk – Marcos Doniseti!

Em Maio de 2014 a produção de petróleo e gás natural no pré-sal era de 549 mil barris diários. Em Maio de 2015, a produção já estava em 896 mil barris diários, acumulando um crescimento de 63,2% em apenas um ano.
Debati no Facebook com uma reacionária que fez a seguinte afirmação:'O pré-sal não dará lucro pelos próximos 50 anos', sendo que:

1) Estimativas apontam que as reservas do pré-sal são de 176 bilhões de barris. É a quarta maior reserva do mundo;

2) O petróleo do pré-sal é de altíssima qualidade. Logo, ele vale muito mais do que os outros tipos de petróleo;

 3) O custo de extração do petróleo do pré-sal é extremamente baixo, de apenas US$ 8 por barril, (contra US$ 15 na média da indústria petrolífera mundial), sendo que o barril do produto está em torno de US$ 50 atualmente, o que ainda é um valor baixo.

A tendência é a de o preço vá subir nas próximas décadas, pois o consumo mundial continua crescendo, o que aumentará ainda mais a margem de lucro do pré-sal;

4) A produtividade do s poços do pré-sal é altíssima, atingindo uma média de 25 mil barris diários por poço. No Mar do Norte, a média é de 15 mil barris diários, enquanto que no Golfo do México é de 10 mil barris diários;

5) O pré-sal é tão lucrativo que TODAS as grandes petroleiras do mundo estão doidas para investir no mesmo.

Entre Junho de 2015 e Junho de 2016 a produção de petróleo e gás natural do pré-sal passou de 926 mil barris diários para 1,240 mil barris diários (expansão de 33,9%). Em relação a Maio de 2014, o crescimento foi de 125,9%. 
A Statoil, estatal de petróleo da Noruega, já comprou os 66% do campo de Carcará, que pertenciam à Petrobras, por uma mixaria (R$ 8 bilhões, sendo que vale quase o triplo, R$ 22 bilhões).

Essas petroleiras estrangeiras até ajudaram a derrubar o governo Dilma, justamente porque esta se recusou a abrir mão do Regime de Partilha, pois este limitava a participação delas nos lucros do pré-sal a, no máximo, 25%. Os outros 75% da renda líquida do pré-sal ficavam com o Estado brasileiro.

Agora, o governo golpista e entreguista de Temer destruiu o Regime de Partilha do pré-sal e, com isso, as petroleiras estrangeiras ficarão com quase todos os lucros gerados pelo mesmo.

Desta maneira, os países originários destas petroleiras (EUA, Reino Unido, Holanda, França, Noruega) ficarão cada vez mais ricos e o Brasil continuará deitado eternamente no berço esplêndido do atraso e da pobreza.

Links:

Custo de produção do petróleo do pré-sal é inferior a US$ 8 o barril: 


Produção do pré-sal bate novo recorde histórico em Junho de 2016: 

O lucro operacional bruto da Petrobras, em 2014 e 2015, atingiu os US$ 51,5 bilhões e, entre as grandes petroleiras mundiais, ele foi inferior apenas ao da ExxonMobil. 
Lucro da Petrobras só é inferior ao ExxonMobil entre as grandes petroleiras:


Nenhum comentário: